auravide auravide

ANDARILHA DO INFINITO

ANDARILHA DO INFINITO
Facebook   E-mail   Whatsapp

Guiou-me a luz da magia,
a mão do mito.
Cansada,
cheguei em busca do amor,
à procura de afeto.
Da porta,
levantaste o ferrolho,
e me deste tua mão.
Descalçaste minhas sandálias
rotas, gastas;
sacudiste o pó do tempo
do meu manto,
e abriste o coração.

Ouvi, maravilhada:
-Aqui tens paz,
andarilha do infinito.
Então, na minha presença,
floresceu o teu cajado.

Claudette Grazziotin

Aproveite e leia Uma fantasia de estrela...


Facebook   E-mail   Whatsapp




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa