Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

As Cartas de Cristo (Carta 9 - Parte 8) – O Primeiro passo: faça aos outros o que gostaria que fizessem a você

As Cartas de Cristo (Carta 9 - Parte 8) – O Primeiro passo: faça aos outros o que gostaria que fizessem a você
Facebook   E-mail   Whatsapp

Até que as pessoas despertem verdadeiramente e abram seus olhos para a plena compreensão de que todos são a individualização da FONTE do seu SER, que são uma combinação dos IMPULSOS PERFEITOS de Criatividade e Amor, elas permanecerão atraídas pela sedução do materialismo, pela satisfação dos desejos do corpo e o desejo de promover-se em detrimento dos demais, – o que vai desde apossar-se do que é dos outros e greves nos negócios e na indústria, até sérias desarmonias nos relacionamentos, assassinatos, estupros e guerras. Sempre que uma pessoa impõe seu ego em detrimento do outro, a discórdia e a raiva se instalam.
Está é a Lei primordial da Existência que deve ser divulgada no mundo todo.

Como então, a natureza humana poderia lutar diariamente para viver num mundo naturalmente dominado pelo impulso egocêntrico – o irresistível desejo de autossatisfação?
A resposta está na minha afirmação “Faça aos outros o que gostaria que fizessem a você”. Esse é o primeiro passo para superar o impulso egocêntrico.
Quando estiver envolvido em uma discussão, que se conceda plena justiça a ambas as partes. Escute – absorva – preste atenção – faça as pazes tanto quanto possível. Assegure-se de que as suas exigências não comprometam o bem estar do outro – seja no campo pessoal, dos prazeres, dos negócios ou indústrias.
Lembre-se de que como você se comporta com os outros eventualmente eles se comportarão com você. Recorde que os seus pensamentos, palavras e ações de hoje tomarão forma em suas experiências nos próximos dias, meses ou anos. Às vezes a semente leva anos para crescer e transformar-se em colheita e até lá você terá esquecido o que semeou. Mesmo assim, esteja certo de que aquilo que fizer hoje voltará para você de uma forma semelhante, ainda que você não reconheça ou perceba a conexão.
O que você gostaria que as pessoas dissessem a respeito de seus erros – diga-o, pense-o – a respeito dos erros que os outros possam cometer – sejam eles amigos ou desconhecidos.
Ofereça a aceitação e o perdão que você gostaria de receber. O que é o verdadeiro perdão? É um estado de compreensão tão clara do outro e das razões do seu comportamento que você pode dizer com toda a honestidade – não há nada para perdoar.

A lealdade, bondade e generosidade que você gostaria de receber quando está em dificuldades
– ofereça aos outros quando estiverem lutando com pesados fardos. Nunca vire as costas para eles.

Aprenda a olhar para as pessoas ou para as situações com um olhar de amável discernimento. Veja-os como estão naquele momento e depois lembre que Eu os vejo com amor compassivo.
Se você enxerga neles uma verdadeira necessidade de melhora – para o bem deles e para o aprimoramento futuro do seu bem estar – olhe para eles apenas com os olhos do coração e do amor e veja como eles poderão estar no futuro. Leve-os em pensamento até a FONTE do seu SER e saiba, com certeza, que a sua oração os abençoou e abriu as portas do seu desenvolvimento. Peça orientação para a Consciência Divina para saber se você pode abordar o assunto da “melhoria” deles e pergunte como isso pode ser feito para assegurar a feliz aceitação de seu conselho e do sucesso final no desenvolvimento pessoal.
Se alguém quiser dizer o quanto você o feriu em algum momento – permaneça em pé ou sentado silenciosamente e saiba que isso é um verdadeiro desafio aos seus impulsos egocêntricos. Esse é o seu grande momento – o seu maior teste. Como você vai lidar com isso? Você encontrará desculpas, se defenderá, pensando e mesmo dizendo que as suas atitudes não deveriam ter ferido a outra pessoa – e que elas eram plenamente justificáveis devido às circunstâncias? Se você responder dessa maneira, então os impulsos do seu ego ainda dominam completamente a sua consciência.

Mas se você consegue perceber que o grande momento da verdade chegou, – e que por causa dessa consciência – você consegue permanecer quieto e tranquilo, escutando as queixas do outro sobre a dor que você provocou, estará conseguindo o primeiro êxito na superação do ego.
O próximo passo urgente é firmemente deixar de lado a sua própria necessidade de defender-se e sinceramente compreender o que o outro está dizendo. Você só poderá fazer isso sinceramente se puder recolher-se o suficiente para entrar em uma zona de silêncio interior onde você pode sentir plenamente a dor do outro, ouvir o que ele está dizendo e receber a sua dor em seu próprio coração. Se puder fazer isso, terá se colocado na pele do outro. E quando você estiver na pele do outro e sentir a sua dor, desejará pedir desculpas do fundo do seu coração pelo mal que causou. A dor que causou sem saber e de forma inconsciente será a sua dor e você não descansará até que tenha conseguido, através de palavras amorosas, eliminar o último resíduo de dor da consciência do outro. Você então terá curado a ferida e essa também será eliminada do seu sistema eletromagnético de consciência. Você terá alcançado uma grande vitória sobre si mesmo. Você terá atingido aquele ponto de força e tolerância interior em que poderá perceber verdadeiramente que a realidade das outras pessoas tem o mesmo valor que a sua própria realidade. Você terá aceitado e reconhecido que os outros também podem ser feridos pelas suas ações, da mesma forma que você tem sido ferido por outras pessoas.
Uma vez atingido esse grande momento de verdade em sua vida, perceberá que é capaz de mover-se entre você mesmo e os outros confortavelmente, capaz de ver os acontecimentos da perspectiva deles tão facilmente quanto vê de sua própria perspectiva. Um grande equilíbrio entre as suas necessidades e as dos outros se estabelecerá e você entrará em um estado de paz, uma vez que estará seguro de tratar os demais com justiça e generosidade de espírito. Assim você começa a remover as barreiras entre você e as outras pessoas e a recebê-las em seu coração.

Ir para o início do livro
Página anterior
Próxima Página

Se desejar adquirir o livro, clique aqui

135/C9
Publicado em:

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo

Por favor, deixe sua opinião



Veja também
veja-mais Perguntas...
veja-mais Tenhamos vida!
veja-mais Vida é muito mais!
veja-mais As tempestades passam



As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.




horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa