Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade

O DEVOTO E O GUERREIRO


Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Muito interessante é que tanto faz se vemo-nos responsáveis por nosso sofrimento ou não, porque afinal... Só existe Deus ou Consciência!
Há pessoas que se sentem confortáveis em simplesmente deixar tudo pra lá e deixar Deus guiar suas vidas (o tipo passivo).
E há pessoas (o tipo ativo) que a idéia de um EU fazedor as torna mais relaxadas.
O primeiro é o tipo devoto.
O segundo é o tipo guerreiro.

Porque o Osho criou meditações ativas? Para o tipo guerreiro (que são muitos de nós, porque aprendemos que somos quem FAZEMOS tudo).
Mas o Osho sempre disse: “A verdadeira meditação acontece na parte passiva das minhas meditações, quando você entrega e espera a vontade da vida se fazer”.
Osho trabalhou com todos os tipos. É por isso que ele é tão confuso pra tanta gente.
O sábio Ramesh Balsekar disse: "Em verdade não existe nenhum fazedor, porque só há Consciência vivendo corpos humanos; então, faça tudo como se fosse você, mas SAIBA que é Deus que faz, o ego é apenas uma ilusão utilitária para a vida acontecer".

Namastê,
SWAMI SAMBODH NASEEB
[email protected]

Publicado em:




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa