auravide auravide

Brasileiros são os mais conscientes sobre aquecimento global


Os brasileiros e os chineses são os mais conscientes sobre o papel das atividades humanas no aquecimento global, mostrou uma pesquisa com 46 países divulgada na segunda-feira. Os norte-americanos são os menos conscientes. Treze por cento nunca leram ou ouviram falar do assunto, embora os Estados Unidos sejam o maior emissor de gases-estufa do mundo.

O levantamento, feito pela ACNielsen com mais de 25 mil usuários da Internet, mostrou que 57 por cento das pessoas no mundo todo consideram o aquecimento global um problema muito grave e outros 34 por cento consideram-no um problema grave.

Foi necessário o aparecimento de padrões extremos e ameaçadores para finalmente transmitir o recado de que o aquecimento global está acontecendo e chegou para ficar, a menos que haja um esforço organizado e global para revertê-lo, disse Patrick Dodd, presidente da ACNielsen Europe.

Os latino-americanos foram os mais preocupados, e os norte-americanos os menos preocupados - apenas 42 por cento das pessoas consideraram o aquecimento global muito grave.

Os Estados Unidos emitem cerca de um quarto de todos os gases-estufa, e são o maior poluidor do mundo, à frente de China, Rússia e Índia.

Há praticamente um consenso na comunidade científica de que as temperaturas do planeta estão aumentando por causa dos gases-estufa, liberados pela queima de combustíveis fósseis.

O estudo também mostrou que 91% das pessoas já tinham ouvido falar do aquecimento global, e 50% imaginavam que ele fosse causado por atividades humanas.

Um relatório da ONU que deve ser divulgado na sexta-feira vai afirmar que há uma probabilidade de no mínimo 90% de que as atividades humanas sejam a principal causa do aquecimento global nos últimos 50 anos.

A sondagem disse que as pessoas que vivem em regiões vulneráveis a desastres naturais foram as mais preocupadas - desde os latino-americanos preocupados com os prejuízos às plantações de café ou banana aos moradores da República Tcheca, fortemente atingida por enchentes em 2002.

Na América Latina, 96% dos entrevistados disseram que já ouviram falar do aquecimento global e 75% o consideraram muito grave.

A maior parte das nações industrializadas assinou o Protocolo de Kyoto, que impôs limites às emissões de gases estufa. O presidente George W. Bush tirou os Estados Unidos de Kyoto em 2001, mas disse semana passada que a mudança climática era um sério desafio.

Fonte: Reuters e último segundo
Publicado em:




Comentários



As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa