auravide auravide

BUSCA

BUSCA
Facebook   E-mail   Whatsapp

Mil vezes, te chamei,
quanto te desejei.
Te busquei em auroras,
poentes, tempestades.
Ansiei por ti em abraços,
sorrisos, com palavras.
Em fogo, ardeu meu corpo
por teu corpo.
Em que escaninhos te ocultavas,
eu não sei.
Ferida nos meus sonhos,
desolada,
meu coração inconseqüente,
então, fechei.
E, quando eu não mais te procurava,
te encontrei.

A Flauta de Jade, de Claudette Grazziotin. Ed Alcance,1999-P.Alegre

Aproveite e leia: Superação...

Facebook   E-mail   Whatsapp




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa