auravide auravide

CINTILANTE

Facebook   E-mail   Whatsapp

Eu não pertenço a mim
Meu rosto, voz e corpo
Nada me pertence
Sigo conforme a instância dos ventos
Sou folha de outono
Rumo a direção qualquer
Minha vontade é Dele
Mas as coisas são me postas
Como frutos de tentação
Minhas provações elas serão
Ainda assim...
Só a um caminho pertenço
E Dele devo orientar-me
Caminho seguro é do coração
Duas porções de Deus
Uma: verdadeira e palpável
Outra: invisível e imutável
- A Verdade de Deus!
Abraça-me agora, Oh, doce Anjo!
Leve-me aos irmãos e a família a que pertenço
De Deus levo apenas o nome
Em mim, nada há que se consome...
Toma-me agora, Oh, precioso Anjo!
Carrega-me em tuas asas
Leva-me contigo com sininhos e taças...
Cintilante...Cintilante...
Torna-me forte como tuas asas...

(Hellen Katiuscia de Sá)

Facebook   E-mail   Whatsapp




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa