auravide auravide

COISA DIFÍCIL

Facebook   E-mail   Whatsapp

É realmente muito difícil cumprir os preceitos de amar ao próximo como a si mesmo. Envolve desapego pessoal, humildade, aceitação dos defeitos, manias, hábitos, costumes e tudo o mais que envolvam as outras pessoas. Coisa dura de vencer, pois afeta o egoísmo natural que cada individuo tem, em menor ou maior porção, mas está presente em cada pessoa, até para alimentar o instinto de preservação, necessário à continuidade da vida.

Praticar, errar, praticar, errar! É assim que se consegue evoluir nesse mister. Pois a cada situação acontece a oportunidade de cair em erro, em não praticar o amor aos semelhantes, em deixar o "eu" se sobrepor ao outro. É realmente o caminho mais natural que a individualidade tende a seguir e abandonar esse proceder é realmente complicado, trilhar a senda do amor ao próximo. Só se consegue com muita vontade, com tentativas diárias, com decisão de coração, e firmeza para manter isso em mente.

Não se deixar abater pelas várias vezes em que incorrer em falha, pois com certeza isso será mais constante, quanto mais se tentar praticar. Apenas com o passar do tempo e com constância no assim proceder, se consegue diminuir os erros ao praticar o amor aos semelhantes.
É tarefa para muitos anos e dura para sempre, pois que vai se aperfeiçoando dia a dia, e dependendo das características de pessoa para pessoa, uma vida não é suficiente para atingir um patamar mínimo na difícil missão de viver segundo o "Amar ao próximo como a si mesmo".
O que dá um certo alívio, é que sabemos que o mérito, maior não está em chegar ao máximo e sim em tentar diuturnamente seguir esse ensinamento, que em última análise melhora a vida de quem o pratica e de todos que estão a sua volta. Não são muitos que chegam a ser uma Madre Teresa, Uma Irmã Dulce, Um Chico Xavier, mas com certeza todos seriam pessoas muito melhores se tentasse praticar o amor ao outro, digo apenas tentar, pois na vida cotidiana, a maioria de nós esquece disso durante quase todo o tempo.

Praticar, tentar! Praticar é o início de tudo, quem tenta, vê as pessoas ficarem melhores a seu redor, apenas pelo fato de começara olha-las com outros olhos, a tentar perdoar os defeitos delas, a tentar compreendê-las, ou apenas aceitá-las como são.

É fato que isso é verdade. Cada um que tentar, poderá sentir a verdade disso. Sei não é fácil..Posso dizer isso pois, constantemente, me pego agindo contra essa regra e é normal que isso aconteça, feito que sou humano, e esse é o grande desafio dessa espécie. Conseguir construir um mundo onde todos se amem. Isso eliminaria o mal e, em síntese, essa é a meta final do ser humano. Eliminar o mal através do amor ao semelhante.

Para alguns pode parecer utopia, mas, com certeza, esse é o objetivo derradeiro da humanidade durante essa passagem por esse planeta. Somente quando esse estágio for atingido, quando o inconsciente coletivo da humanidade for harmônico, quando todos agirem com total integração com os outros, essa espécie ainda menor no concernente ao Divino, estará pronta para vibrar em outro plano, para mudar de estágio, seguir para outro andar no seu caminho de volta ao criador.
Lembrem: Praticar! Errar! Praticar! Tentar! Falhar! Tudo está previsto nesse caminhar, O mais importante é não desistir.

Aprendendo a amar a todos dia a dia,

Hard Stone
https://geocities.yahoo.com.br/hardstone48/Artigo6.html


Facebook   E-mail   Whatsapp




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa