Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

CURIOSIDADES


Facebook   E-mail   Whatsapp

Açúcar nas origens

A história do doce no Brasil é também a história do açúcar, do cultivo da cana, das casas grandes dos engenhos e da escravidão.

Embora seja obscura a origem do açúcar no mundo, sabe-se que o nome tem uma etimologia indiana vinda do termo "sarkara" em sânscrito. Esta palavra virou sukkar em árabe, zucker em alemão, sugar em inglês e sucre em francês.

Cerca de 500 anos a.C. os persas descobriram a cana-de-açúcar a qual apelidaram de "rosa que dá mel sem o trabalho da abelha". Até o fim da Idade Média, os árabes foram os principais produtores de açúcar. Na época das Cruzadas ele era vendido muito caro e servia para temperar carnes e outros pratos salgados. Na França, até o final do século XIX, o açúcar era um produto de luxo que se oferecia como presente na época natalina.

No Brasil nós herdamos dos portugueses o cultivo e o gosto pelo açúcar. Foram eles que introduziram as primeiras mudas de cana e o gosto pelos doces, geralmente feito com ovos, que se faziam além mar. Aliás, uma das possíveis respostas para o grande uso de gemas nos doces portugueses é que as freiras utilizavam a clara do ovo para engomar seus hábitos e, pra não desperdiçar as gemas, inventaram os doces, divinos doces!

História do Sabonete

O sabão foi inventado no ano de 600 a.C. pelos fenícios, que usavam terra argilosa contendo calcário ou cinzas de madeira, para lavar os cabelos. Era um sabão pastoso, usado em Roma no século IV.

O sabão sólido apareceu no século XIII, quando os árabes descobriram o processo de saponificação - mistura de óleos naturais, gordura animal e soda cáustica que depois de fervida, endurece. Logo depois, os espanhóis resolveram acrescentar óleos de oliva aos sabonetes sólidos, para dar ao sabão um cheiro mais suave. Nos séculos XV e XVI, várias cidades européias tornaram-se centros produtores de sabão e nessa época, o sabão era um produto de luxo, usado apenas somente pela elite.

Em 1792, o químico francês Nicolas Leblanc, conseguiu obter soda caustica do sal de cozinha e, pouco depois, criou-se o processo de saponificação das gorduras, o que deu um grande avanço na fabricação de sabão.

Em 1878, Harley Procter (dono de uma fábrica de velas e sabão) queria produzir um sabão novo, branco, cremoso e delicadamente perfumado. Seu primo, o químico James Gamble, chegou à formula desejada. Esse novo sabão produzia uma rica espuma, mesmo em contato com a água fria, e tinha uma consistência homogênea e suave.

Em 1879 foi inventado o Sabonete "Roger & Gallet" o primeiro sabonete redondo, envolto artesanalmente em papel drapeado.

Recebido de Claudette Graziottin
Publicado em:

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo

Por favor, deixe sua opinião



Veja também
veja-mais Tenhamos vida!
veja-mais Vida é muito mais!
veja-mais As tempestades passam
veja-mais Vem para a luz



As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.




horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa