auravide auravide

É muito simples...

É muito simples...
Facebook   E-mail   Whatsapp

Um sorriso... Um olhar de incentivo... Um abraço... Uma mão que vem socorrer... Um “bom dia”... Uma vibração amorosa... Um telefonema... Uma mensagem de esperança... Uma palavra de carinho... Uma visita... Uma prece... Um livro... Doação de uma roupa... Um e-mail... Um “oi”... Um alimento que abastece o corpo... Uma palavra de ânimo que anima a alma... Folhetos de mensagens edificantes... Um “tudo bem”?... Um silêncio de compreensão... Respeito às fragilidades alheias... Uma pequena campanha de solidariedade...Um ombro para chorar... E muito mais! ...Pequenos gestos... É muito simples e mais ainda é sempre possível compartilhar das lições de Jesus.

O Mestre não nos pediu o impossível, apenas: “Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei”!

Amor: é a base de todo o seu Evangelho!

Discursamos tanto, criamos muitas filosofias, expomos conceitos e em verdade, tudo se resume no Amor!

O amor cobre a multidão dos pecados!
O amor renova, edifica, une e abre caminhos!

Todos possuímos a essência do amor, afinal, somos filhos do Criador.

Somos centelha divina, somos Amor!

Falta tempo... O amor não precisa de datas especiais nem tampouco grandiosas ações, ele é nobre por si só.
Pode ser realizado agora!

Sobram problemas... O amor é a solução! É o remédio para todos os males, dissipa as sombras e abre as portas para um novo horizonte.

Nada tenho a oferecer... Abre o coração! O amor é simples e verdadeiro! Não requer título nem condição financeira.

Quanto podemos fazer... um simples gesto.
Somos Amor!

Amai-vos uns aos outros! E cada vez que assim agirmos, mais próximos de Jesus estaremos.
Porque o Mestre é amor!

Amor! Compartilhemos desse sentimento nos corredores da Seara Bendita como também em toda a seara do Pai.
Amor! Apenas isso.
......................

Ela adentrara ao ônibus e pouco tempo depois ouvira um choro... Eram gemidos profundos e ao olhar para trás avistou uma jovem a derramar abundantes lágrimas...

O choro era sofrido, incomodava seu coração, em verdade, desejou nem estar lá... Mas teria que passar pela jovem para poder descer, aproximava-se de seu ponto... E agora?

Como passar indiferente aquela cena? Dizer o quê? Faltavam palavras e sobrava dúvida e por que não dizer vergonha?

Nem conhecia a jovem, melhor ficar quieta... Mas o choro era forte, desesperador, alguém a pedir socorro...

E o ponto se aproximando... Talvez uma prece... Foi o que ela fez e minutos depois, certamente intuída pela espiritualidade maior lembrou-se de que trazia na bolsa, singelo papel que com uma mensagem edificante cujo título dizia: “Confia em Deus” e a primeira frase: “Nunca perca a esperança por pior a situação em que esteja”

Pronto! Sem precisar dizer nada, passou pela jovem, entregou o folheto com um sorriso e desceu... Andou alguns metros e o ônibus passou na sua frente, ao olhar para a janela, avistou a jovem, que lia o folheto e no lugar das lágrimas, um pequeno sorriso...

Amor de Jesus! Simples...

Que tal agora?

Sonia Carvalho
[email protected]

Facebook   E-mail   Whatsapp




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa