KUNDALINI - FOGO SAGRADO

KUNDALINI - FOGO SAGRADO

Os antigos ensinamentos da Índia e do Tibete se referem à "elevação das energias enroscada na serpente flemejante" como a Kundalini. "A raiz Kund, em sânscrito, significa queimar ou consumir. A palavra Kunda significa bojo ou buraco. Também a palavra Kundala significa espira, espiral ou anel".
Quando a Kundalini se eleva, o resultado é um "sutil despertar da consciência maior... do espírito da consciência cósmica. Ele atinge uma liberação, uma liberdade. Ele conhece a diferença entre o real e o irreal..." e o movimento ascendente da Kundalini "derruba barreiras, não apenas da consciência em termos de matéria, mas não menos em termos de tempo. As linhas entre o presente e o passado e o futuro são transcedidas, como todos os eventos confinados a limites, e o Eterno torna-se Real em lugar dos modos do tempo".

O Capítulo 11 de Isaías no Antigo Testamento (versículo 1 e 2) implica o mesmo conceito: "E sairá uma vara da raiz de Jessé, e uma flor deverá elevar-se de sua raiz. E o Espírito do Senhor irá descansar sobre ele: espírito da sabedoria e do entendimento, o espírito de conselho e fortaleza, o espírito do conhecimento e da piedade". A qui novamente a interpretação esotérica desses dois versos explica que "a raiz de Jessé" se refere ao seu chakra da raiz, e a "vara" é a força energizada que move a Kundalini para o alto ao longo da coluna espinhal para os chakras Frontal e Coronal. A "flor" mencionada nesses versos relaciona-se aos antigos ensinamentos hindus e budistas, assim como do Egito Antigo, onde o botão de lótus está em plena floração existe a perfeição absoluta.

Quando os Chakras cardíaco, laríngeo, frontal e coronal estão abertos, a pessoa conhece o Amor, a Verdade, a Justiça, adquirindo valores dos antigos ensinamentos: A Sabedoria Divina.

O método de alcançar essa Sabedoria Divina, conforme ensinam os mestres hindus, budistas e tibetanos, é através da meditação silenciosa. Os egípcios confiavam nas palavras do hino a Thoth, o deus da sabedoria, que ensinava:
"Oh, tu doce fonte para os sedentos no deserto; está fechado para aqueles que ali guardam o silêncio. Quando o homem silencioso chegar, ele encontrará a fonte". Isto combina com as palavras de Jeffersus (o Cristo), enfatizando a importância da oração silênciosa: "E quando orares, não deves ser como os hipócritas: pois estes amam orar em pé nas sinagogas e nas esquinas das ruas, onde podem ser vistos pelos homens. Em verdade te digo, eles têm sua recompensa. Mas tu, quando orares, entra em teu aposento, e quando fechares a tua porta, ora a teu Pai que está em segredo; e teu Pai em segredo irá recompensá-lo".(Mateus, 6:56)

Tanto o hino egípcio a Thoth e as palavras de Jeffersus podem ser resumidos nas palavras do sábio indiano: "Aquele que fala não conhece. Aquele que conhece não fala". Em outras palavras quer dizer: "A palavra é de prata e o silêncio é de ouro". Ou, ainda, é no silêncio que a verdade é revelada.

O deus do Sol, Rá, visto em pé, à esquerda, está manifestado no corpo de um homem com a cabeça de um falcão. Rá está vibrando acordes harmônicos para elevar sua consciência aos planos mais sutis. A música tocada pelo adepto, que se encontra ajuelhado em sua frente, representa contemplar algo superior as suas faculdades atuais.

No Livro dos mortos egípcios, os deuses explicam: "Eu sou o lótus puro, emergindo do Ser Lumininoso... Eu trago as mensagens de Horus. Eu sou o puro lótus que vem dos campos solares"...
Rá, traz em sua mão direita o cajado, já na esquerda, ele segura uma vara. A vara significa energia,a força de Kundalini. O cajado implica a chave para retomar à proteção proporcionada por Rá. Portanto, temos o mesmo simbolismo, apenas em palavras, no Salmo 23: "Tua vara e teu cajado me conformam" A Serpente que forma um círculo ao redor do sol, que encontra-se sobre sua cabeça, representa a recompensa daquele que agora se banha nas águas do espírito, quero dizer, no fogo líquido de espírito, ou Kundalini dirigida ao Chakra Sahasrara.

https://www.teosofia.com.br/

Aproveite e leia: Sintomas de Ascensão...
Publicado em:

Clique aqui e veja também...


Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Veja também
A paz
Seguindo a correnteza
Refletindo sobre o passado
Ação!



As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor.
O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.




Energias para Hoje
domingo, 8 de dezembro de 2019

energia
I-Ching: 46 – SHÊNG – ASCENSÃO
A ascensão graças aos próprios méritos é a justa recompensa para o esforço. Não é o momento de parar, ao contrário, estabeleça objetivos e avance.


energia
Runas: Thurisaz
Avalie todas as situações, alerta com assinaturas.


8
Numerologia: Colheita
“Colherás aquilo que semeias”. Essa verdade será bastante evidente hoje. É momento de receber pagamentos e saldar dívidas.
Seja eficiente organizado e preocupado com resultados tangíveis. Torne seus projetos financeiramente proveitosos.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes





 
© Copyright 2000 - 2019 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa