Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade

LÍRIOS DOS VENTOS

LÍRIOS DOS VENTOS
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Sinto amor por ti, algo como um rio que corre, fluindo em direção ao grande mar.
E peço, com silêncio e vontade, proteção para o caminho que escolheste percorrer;
peço para que este traga o que teu coração tanto pede, para estar sempre em conexão com a luz que a tudo banha e renova.
Peço amplitude para que a tua visão interior possa estender-se para além dos limites que os teus medos ainda impõem na esperança vã que permaneças sozinho, dependente de ilusões.
Peço consciência para que a tua coragem abra os campos floridos do teu ser para que corras em liberdade, em agradecimento pelo céu que te cobre, pela terra que te dá sustentação, pela água que sacia tua sede, pelos ventos mornos que acariciam teus cabelos...
Peço amor para que possas empreender a tua jornada sem sofrimento, sem solidão, compartilhando com os teus o que de mais sagrado alguém pode sentir e ofertar.
Que a tua alegria seja grande, que teu riso chegue aos ouvidos de Deus como um convite a celebrar a vida, a vida que pulsa em cada milímetro do teu ser.
Olha, lá estão os lírios dos ventos...
Colhe-os e dá aos teus irmãos como símbolo da tua alegria, da tua paz de espírito.
E lembra: os tempos de aprender são aqueles que te lembram que o perdão deve estar presente, dia a dia, para que possas renascer, a cada momento, da tua própria luz, da tua própria sabedoria.
Sê feliz, e agradece por tudo que te é dado, és abençoado pelo simples fato de estares aqui.

www.paz.com.br
Publicado em:




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa