auravide auravide

Não alimentes o que pode te ferir


Quando sentes a raiva sucumbir teu ser, afaga teu calor interno com as águas frescas que jorram do teu estado amoroso; diluindo pouco a pouco, aquilo que parece ter poder para te tirar do teu centro, da memória de quem és.

Silencia tua mente, não alimentando tal miséria.
Perdoa não só aquele que te feriu mas, também, a ti mesmo por estar te ferindo agora.
O que deve prevalecer em ti é o amor;


E mesmo sob a presença da raiva, não demore para te dar a cura, deixando teu ser longe das ilusões que te machucam e te fazem acreditar que és vulnerável à dor.
Protege-te docemente do mal, com tua luz.
Tua luz está na simplicidade, na verdade, que a nada castiga, que a nada apavora,
e sim, compreende, dando tempo ao tempo, para que tudo que deve seguir contigo, sempre esteja em estado de amor e compreensão.
Cuida bem de ti, assim estarás cuidando bem de mim e de cada irmão, que sem poder ver a verdade, ainda comete enganos, adoecendo na ignorância e na falta de amor.

www.paz.com.br

Aproveite e leia: Quando o amor for insuficiente...
Publicado em:




Comentários



As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa