auravide auravide

O AMOR ESTÁ NAS ATITUDES


O mais importante não é o que nos acontece, mas como reagimos ao que nos acontece.

Temos muito pouco controle sobre o que outras pessoas dizem ou fazem, sobre as catástrofes que a natureza pode nos trazer ou sobre o fato de que vamos envelhecer e morrer.

Mas todos nós temos o controle, no mundo, sobre como reagir a esses fatos.

Deveríamos todos assumir plena responsabilidade por nossas convicções, nossas atitudes e comportamentos.

O desamor e a insensibilidade não são, por exemplo, ardis que a natureza nos preparou.

Trata-se de atitudes ou posturas que assumimos por decisão consciente, afastando o amor.

Muitas vezes, é mais fácil nos vermos como vítimas de um destino cruel do que aceitarmos nossa parte no problema.

Mas não está certo nem proveitoso trazer o amor de volta à nossa vida para ignorar que fomos pelo menos em parte responsáveis.

Há um ditado zen que diz:

Meu celeiro foi destruído pelo fogo, agora posso ver a lua.

Terá sido a destruição do celeiro uma catástrofe ou uma vantagem?
Certo estará você se pensar que está certo.

Do livro "Nascido para Amar", de Leo Buscaglia

Aproveite e leia: Só não se esqueça de que o outro te vê como você se mostra!
Publicado em:




Comentários



As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa