auravide auravide

O amor que deixa a gente fraco.

Facebook   E-mail   Whatsapp

Sem pensar direito fazemos coisas que se tivéssemos em sã consciência não faríamos, mas é isso o chamado amor, ou paixão como queiram alguns. O fato é que em 2003 eu me apaixonei perdidamente, talvez tendo chegado ao ápice desse sentimento chamado paixão. E doeu bastante, me fez fazer coisas que me machucavam, mas que por estar cega, fazia sem pensar. Acho que amar é divino, todos deveriam amar e mesmo trazendo dor devíamos nos orgulhar por sabermos que podemos sentir, que estamos vivos e vivendo. O amor nos vem quando menos imaginamos e o mais engraçado é que geralmente é por aquela pessoa que não nos irá corresponder. Me apaixonei e infelizmente não fui correspondida, sofri, chorei, me senti inferior, fraca diante de tudo. Ele tem 30 anos e 2 filhos um com cada mulher e, quer saber, ele foi a pior pessoa que apareceu na minha vida, pode ter certeza. Quero esquecer, pois 2004 está aí, chegando, cheio de possibilidades e quem faz o meu destino sou eu, portanto decidi uma coisa: nesse ano ele não está mais na minha vida porque eu quero ser feliz e vou lutar por isso. A todos que sofrem por alguém eu digo: chorem, errem, caiam, mas a partir de hoje levantem, pois a vida é uma só e você pode fazer dela uma viagem belíssima. Tchau 2003. Oi 2004, estou aqui aberta a você. Esse ano é meu!

Adriana Nunes - Maranhão

E-mail: rrppsecreta@yahoo.com.br


Facebook   E-mail   Whatsapp




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa