Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade

O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA

O DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


É necessário saber que a humanidade vive com a Consciência adormecida. As pessoas trabalham sonhando, andam pelas ruas sonhando, vivem e morrem sonhando.
Quando chegamos à conclusão de que todo o mundo vive adormecido, compreendemos a necessidade de despertar.

Necessitamos do despertar da Consciência. Queremos o despertar da Consciência.

FASCINAÇÃO

A causa do sono profundo em que vive a humanidade é a fascinação.
As pessoas estão fascinadas por todas as coisas da vida. As pessoas se esquecem de si mesmas porque estão fascinadas. O bêbado no botequim está fascinado pelo álcool, pelo local, pelo prazer, pelos amigos e pelas mulheres. A mulher vaidosa está fascinada diante do espelho pelo encanto de si mesma. O rico avarento está fascinado pelo dinheiro e pelas propriedades. O operário honrado está fascinado pelo árduo trabalho na fábrica. O pai de família está fascinado por seus filhos. Todos os seres humanos estão fascinados e dormem profundamente. Quando dirigimos um carro, ficamos assombrados ao ver as pessoas nas avenidas e ruas lançarem-se à frente do veículo sem lhes importar o perigo. Outros se atiram francamente debaixo das rodas dos automóveis. Pobres pessoas... Andam adormecidas... Parecem sonâmbulas, pois andam dormindo e põem em perigo suas próprias vidas. Qualquer clarividente pode ver seus sonhos. As pessoas sonham em tudo aquilo que as mantém fascinadas.

O SONO

Durante o sono o Ego escapa do corpo físico. Esta saída do Ego é necessária para que o corpo vital possa reparar o corpo físico. Nos mundos internos o Ego anda sonhando. Realmente, podemos assegurar que o Ego leva seus sonhos aos mundos internos. Nos mundos internos, o Ego ocupa-se dos mesmos afazeres que o mantêm fascinado no físico. Assim, vemos o carpinteiro durante o sonho em sua carpintaria, o policial guardando as ruas, o barbeiro em sua barbearia, o ferreiro em sua ferraria, o bêbado no bar, a prostituta na casa de prazeres entregue à luxúria, etc. Toda essa gente vive nos mundos internos como se estivesse no mundo físico. A ninguém ocorre perguntar a si mesmo durante o sonho se está no mundo físico ou no astral. Os que fizeram a si mesmos essa pergunta durante o sonho despertaram nos mundos internos e então, assombrados, puderam estudar todas as maravilhas dos Mundos Superiores. Somente acostumando-nos a fazer essa pergunta a cada momento durante o chamado estado de vigília, podemos chegar a fazer-nos a mesma pergunta nos Mundos Superiores durante as horas entregues ao sono. É claro que durante o sono repetimos tudo o que fazemos durante o dia; se durante o dia nos acostumamos a fazer-nos esta pergunta, durante o sono noturno, estando fora do corpo, acontecerá que repetiremos a mesma pergunta. O resultado será o despertar da Consciência.

RECORDAR-SE DE SI MESMO

O ser humano fascinado não se recorda de si mesmo. Devemos auto-recordar-nos de instante em instante. Necessitamos auto-recordar-nos em presença de toda representação que possa nos fascinar. Detenhamo-nos ante toda representação e façamos estas perguntas a nós mesmos: “Onde estou eu? Estarei no plano físico ou no plano astral?” Depois devemos dar um saltinho com a intenção de flutuar no ambiente circundante. É lógico que se flutuarmos é porque estaremos fora do corpo físico e o resultado será o despertar da Consciência. O objetivo destas perguntas a cada instante da nossa vida é fazer com que se gravem no subconsciente, a fim de atuarem depois, durante as horas entregues ao sono, em que realmente o Ego se acha fora do corpo físico.

É indispensável saber que no astral as coisas se vêem tal como aqui no plano físico. As pessoas durante o sono e depois da morte vêem lá tudo igual como aqui no mundo físico, sendo que nem sequer suspeitam estarem fora do corpo físico. Nenhum defunto crê jamais estar morto, pois está fascinado e dorme profundamente. Se os defuntos houvessem feito durante a vida a prática de se recordarem de si mesmos, de instante em instante, se houvessem lutado contra a fascinação das coisas do mundo, o resultado seria o despertar da Consciência. Então não dormiriam. Andariam nos mundos internos com a Consciência desperta.

Quem desperta a Consciência pode estudar durante as horas do sono todas as maravilhas dos Mundos Superiores. Quem desperta a Consciência torna-se clarividente. Quem desperta a Consciência vive nos Mundos Superiores como um cidadão do Cosmos, totalmente desperto. E passa a conviver com os Grandes Hierofantes da Loja Branca.

Quem desperta a Consciência, já não pode dormir aqui neste plano físico, nem tampouco nos mundos internos. Quem desperta a Consciência deixa de dormir. Quem desperta a Consciência se converte num investigador competente dos Mundos Superiores. Quem desperta a Consciência é um Iluminado. Quem desperta a Consciência pode estudar aos pés do Mestre.

Quem desperta a Consciência pode falar familiarmente com os Deuses que iniciaram a aurora da criação. Quem desperta a Consciência pode recordar suas inúmeras reencarnações. Quem desperta a Consciência assiste conscientemente às suas próprias Iniciações Cósmicas. Quem desperta a Consciência pode estudar nos Templos da Grande Loja Branca. Quem desperta a Consciência pode saber nos Mundos Superiores como se encontra a evolução do seu Kundalini. Todo Matrimônio Perfeito deve despertar a Consciência para receber a guia e a direção da Loja Branca. Nos Mundos Superiores os Mestres guiarão sabiamente todos aqueles que realmente se amam. Nos Mundos Superiores os Mestres entregam a cada qual o que necessita para seu desenvolvimento interior.

Samael Aun Weor
https://www.gnosis.org.br/_sawpage/livros/mat_perf/pmat_p16.htm


Aproveite e leia: MATRIX – Tempo de despertar...
Publicado em:




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa