auravide auravide

PÁSSAROS SOLITÁRIOS

Facebook   E-mail   Whatsapp

Do lado de um imenso muro de pedras voava um pássaro, como sempre sozinho, pensando na sua eterna solidão.
Do outro lado do mesmo muro outro pássaro também voava e lamentava o seu interminável isolamento.
Mas do alto de uma nuvem, bem acima de qualquer muro, dois anjos observavam a cena.

Um dos anjos comentou:
- Veja que maravilha! Que sincronismo de vôo! Isto é o verdadeiro amor.

O outro anjo questionou:
- Será que eles nunca se encontrarão?

O primeiro anjo respondeu:
- É claro que sim. Olhe, lá adiante, o fim do muro. Todo muro tem um fim.

E completou:
- Mas se eles se arriscassem a voar mais alto, acima do muro, poderiam se encontrar hoje mesmo.

Autor Desconhecido

Aproveite e leia: O Amor é um presente da luz...

Facebook   E-mail   Whatsapp




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa