Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade

Paz não é Felicidade!

Paz não é Felicidade!
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Há um mal entendido que se tornou lugar comum para a maioria de nós. Em todas as nossas conversas e pensamentos aliamos a paz à felicidade. Mas se investigarmos um pouquinho, descobriremos que paz é mais uma sabedoria de viver, enquanto que felicidade é prazer, mental ou físico. E sendo mental ou físico, a felicidade está sujeita à impermanência, à mudança, como tudo que existe. Eu nunca conheci uma pessoa que está sempre feliz, nem mesmo um sábio. Mas conheço pessoas que vivem em paz.

Quando falamos em felicidade, geralmente atribuímos a alguma coisa exterior que nos aconteceu. Fico feliz porque conheci uma pessoa legal. Fico feliz porque deu certo meu negócio. Mas esta pessoa pode ir embora – então ficarei infeliz. Ou meu negócio pode fracassar – perderei a felicidade. Com a felicidade, que é externa, estamos sujeitos a altos e baixos. Este tipo de felicidade está comprometida com o prazer, e prazer nada tem a ver com paz interior. Nossa sociedade moderna procura o prazer para aliviar a dor (música do Titãs). A dor de viver uma vida sem paz é anestesiada com todos os tipos de prazeres. Uma busca frenética pelo prazer físico ou mental...

Mas paz é de natureza espiritual. Ela não depende de circunstâncias externas. O sucesso pode virar fracasso. A felicidade pode se tornar infelicidade. O prazer pode se tornar dor. Mas a paz existe no meio disso tudo para aquele que a descobriu como natureza básica de seu Ser. O que a meditação, depois de anos e anos de dedicação e estudo me proporcionou, foi esta descoberta. Esta paz está além do que comumente se chama de felicidade, porque não depende de fatores externos para existir. Ela existe porque você existe. É como sua respiração. Assim como o calor existe no sol, a paz existe em todos como nossa natureza básica. Mas porque não sentimos isso? Simplesmente porque não há interesse em descobrir isto.

Em minha experiência, todos aqueles que se dedicam a descobrir esta paz a encontram. Claro que requer vontade. Claro que requer dedicação – como tudo na vida. Precisamos de paciência, de perseverança, de apoio de outras pessoas. É por isso que existem os grupos de autoconhecimento. Para que as pessoas apóiem umas às outras nessa direção. Esta paz não depende do que você tem ou do que você perde. Você não pode perder essa paz, porque como você pode perder sua essência? Você pode não tê-la descoberto, isso é outra coisa. Mas não pode perdê-la, porque ela e você são a mesma coisa. Paz é a natureza de sua alma. Na parte mais profunda de sua mente existe paz. É como o oceano: se você olhar para a superfície verá ondas, e todo o seu movimento característico. Mas no momento em que for descendo, o movimento e o som dão lugar a uma calmaria e silêncio. O fundo do oceano é profundamente silencioso. A mente humana é da mesma natureza. Na superfície ela é agitada, cheia de movimentos e pensamentos, mas não é apenas neste nível que ela funciona. Ela possui níveis mais profundos, onde há uma profunda paz e silêncio. E quando você conhece profundamente esta paz da mente profunda, ela começa a permear também a mente da superfície. Então você poderá sentir aquele silêncio nas atividades comuns do dia-a-dia.

A caminho da crucificação, Jesus não poderia estar feliz. Estava sendo difamado e traído. Seu corpo ferido estava a caminho da morte. Jesus não podia estar feliz. Mas Jesus estava em paz. Porque só uma pessoa em paz conserva a serenidade para dizer: “Perdoe-os, porque não sabem o que fazem”. Apesar de tudo, ele conservava a paz interior. E é esta paz que faz com que enfrentemos os desafios da vida com maturidade. Esta paz é buscada no fundo da mente. Ela não está no mundo. Está dentro de sua mente. Sua mente é mais do que você pensa que ela é.

Swami Sambodh Naseeb
www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=1189
Publicado em:




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa