auravide auravide

POESIA

POESIA
Facebook   E-mail   Whatsapp

O Canto de Um Rouxinol

Meus olhos olham com o
olhar que quase ninguém entende
Meus lábios sorriem o
sorriso que quase ningúem percebe
Meu coração fala a
linguagem que quase ningúem compreende

Mas,se tiveres a sensibilidade
que tenho, compreenderás que
a razão de tudo isso é
somente o canto do rouxinol.

Maria Helena Mendonça

Facebook   E-mail   Whatsapp




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa