Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Ser espontâneo diante da morte

Ser espontâneo diante da morte
Facebook   E-mail   Whatsapp

Morreremos como vivemos. Se tivermos passado a vida evitando falar sobre a nossa própria morte ou a dos outros, talvez não saibamos falar sobre ela agora.

Acredito que a necessidade de compreender a morte é semelhante à de uma criança quando descobre a sexualidade: o que ela necessitar saber, pode estar certo que irá buscar os meios de saber.

É fundamental que a pessoa que estiver falecendo sinta empatia por nossa presença, caso contrário, seremos mais um obstáculo para que ela relaxe e expresse seus sentimentos.

Costumo dizer que a habilidade de acompanhar um paciente terminal está em nossa sensibilidade para perceber o momento certo de entrar e sair de cena. Muitas vezes, as pessoas presentes ao redor do paciente possuem necessidades diferentes das dele. A arte está em reconhecer as diferentes sintonias e buscar harmonizá-las gerando espaço para que cada um possa se expressar, de acordo com seu estilo e tempo.

Bel Cesar


Publicado em:

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo

Por favor, deixe sua opinião



Veja também
veja-mais A bola dourada
veja-mais Perguntas...
veja-mais Tenhamos vida!
veja-mais Vida é muito mais!



As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.




horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa