auravide auravide

TERAPIA X BUSCA ESPIRITUAL

TERAPIA X BUSCA ESPIRITUAL
Facebook   E-mail   Whatsapp

Você busca sua essência fora de você, por isso que você faz tudo o que faz. Terapia, inclusive... E o que é mais moderno é que as terapias estão se confundindo com busca espiritual. Mas isso é impossível. Porque nenhuma terapia vai encontrar o "Espírito". Nenhuma. Ela não foi desenhada para fazer isso. Todas as terapias vão ter que ser abandonadas num certo momento. A terapia é desenhada apenas para o seu sistema se desintoxicar de pensamentos negativos, sentimentos negativos e química negativa que está fluindo no seu corpo. As coisas que você comeu... Mas veja bem: todas essas coisas são temporárias, porque chega um ponto que você não pode ficar continuamente fazendo terapia. Porque não existe aperfeiçoamento. Você nunca vai atingir a perfeição absoluta num nível mental, sentimental ou corporal. Porque é da natureza do corpo, da mente e dos sentimentos permanecerem fluidos; eles são afetados pelo meio ambiente... A comida que você come, alguma coisa que acontece... E mais cedo ou mais tarde todos os "budas" morrem, não morrem?! Os corpos morrem. Se houvesse, de alguma forma, o encontro através da perfeição do corpo e da mente, nós teríamos "budas" de dois mil anos andando entre nós. Se esse fosse o segredo... Mas o segredo é transcender a forma. Só que a maioria das coisas que estamos lendo, a maioria das coisas que estão acessíveis, muito pouco apontam para essa transcendência do corpo, da forma. Ou se apontam, apontam de tal maneira que fica muito difuso, confuso de entender, escuro, e você não entende direito.

É preciso ter o olhar correto! A atenção correta. É preciso que se abram algumas frestas, e você veja. Evite terminantemente, atenciosamente, os objetos. Eles são quatro basicamente: seu corpo é um objeto que pode ser observado, seus sentimentos, seus pensamentos e o mundo externo, o que está fora do corpo. Todas essas coisas são objetos. São observáveis. Essas quatro coisas têm que ser completamente evitadas. E como se faz isso? Stop! Quando você fica muito, muito, muito, quieto; nesse momento, os objetos não importam. E esse momento não é difícil, ele está aqui e agora, é só parar tudo. Pára! Pare até a sua respiração, e observe. A natureza desse momento é pacífica. É paz em si. E você ainda diz: "Eu quero que a minha mente fique em paz".Mas mente não pode ficar em paz, porque mente é turbulência, uma mente em paz não é mente, então não existe. É contradição em termos, dizer "mente em paz". Não tem mente! E a paz não pode ser alcançada. Porque essa paz seria um objeto que foi conquistado. E algo que pode ser conquistado, pode ser perdido. "A paz" para onde eu estou apontando não pode ser perdida e nem pode ser conquistada, porque está anterior a todos os outros objetos que existam. Você é simplesmente "essa paz".

SATYAPREM
Trecho de Satsang acontecido em Recife, junho de 2001.
https://www.satyaprem.com/index3.html


Aproveite e leia: Conversando com Paramahamsa Ramakrishna

Facebook   E-mail   Whatsapp




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa