Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade

A VERDADEIRA RIQUEZA



Certa vez, uma mulher passeava pela montanha, com uma criança de colo. Num certo momento de sua caminhada, deparou-se com uma caverna. Ela ouviu uma estranha voz interior, que lhe dizia:

"Entra, mas não esqueças do mais importante". Tomada pelo espanto, a mulher ficou paralisada, sem saber o que fazer, mas a voz insistiu por três vezes.

Diante de tal insistência, a mulher decidiu entrar. Para sua surpresa e admiração, a caverna estava repleta de riquezas; objetos maravilhosos, de uma riqueza indescritível, como jamais havia visto igual.

Admirada com o que estava diante de seus olhos, colocou a criança no chão e num ato impulsivo, começou a recolher, em seu avental, tudo o que podia e que mais lhe interessava.

A voz interior por mais uma vez insistiu,"Não te esqueças do mais importante".
Ignorando o real sentido destas palavras, a mulher continuava a pegar tudo o que podia.

Passado algum tempo, a voz advertiu: "Você só tem mais 6 minutos para sair, depois não poderá mais voltar, a porta será fechada".

Assustada, ela correu para fora, carregando as riquezas que havia encontrado e a porta se fechou com um barulho estrondoso.

Quando se encontrava prostrada ao chão, admirando aquelas riquezas materiais e imaginando o que poderia fazer com elas, lembrou-se do mais importante: A criança!

Às vezes nossa alma esta aprisionada na caverna escura. Toda a riqueza que ela havia trazido para fora, imediatamente perde a sua importância, pois pelo resto das nossas vidas ela carregará o tormento de imaginar como aquela criança estará sofrendo, aprisionada, sem ver sequer um raio de luz.

E assim, a nossa própria alma passará o resto da sua existência buscando um meio de resgatar aquela criança.

https://www.sca.org.br/contos/ceavr15.htm

aPROVEITE E LEIA: Alegria: uma criança dentro de nós...
Publicado em:

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp



Veja também
Não se deixe vencer
Renove seus passos
São tantas as vitórias
O sol da esperança



As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.




Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa