auravide auravide

Maturidade das relações



A maturidade ou imaturidade nos seres se reflete em todos seus atos e comportamentos em relação ao meio em que vivem, tanto mais expressivos, em se tratando de interações próximas, vínculos de amizade ou laços de afeição.
Em todas essas experiências, alcançar um distintivo de desprendimento, sem que isso se traduza em frieza ou indiferença originando dor e revolta no outro, representa uma característica de alma que já tenha ultrapassado toda forma de dependência, manipulação ou apego e os consequentes sofrimentos que  isso acarreta em si mesmo e no próximo.

As relações interpessoais, especialmente no âmbito emocional, mover-se-á no futuro da sociedade para um patamar mais elevado e menos materializado, em que o amor real, baseado no comprometimento compartilhado entre pessoas maduras seja possível.Temos consciência de que tudo é um processo, e desejar uma atitude altamente desprovida de ego, em seres humanos ainda fortemente envolvidos com uma característica emocional de se relacionar a partir desses padrões, seria como almejar, numa criança, traços de personalidade que somente o tempo, as experiências sucessivas e o transcorrer dos anos pode ser capaz de oferecer.

O desejo de construir relações verdadeiras onde exista carinho, reconhecimento mútuo, confiança e afeto compartilhado, faz parte da nossa natureza. Não existindo, na Terra, criatura alguma que não anseie por isso, aspiração que surge do ser interno que procura, na experiência plena e gratificantes de amar, um estímulo a vida.

Existem em nosso íntimo duas emoções ou forças contrárias e opostas, a energia do amor e a energia do medo. Quando se ama a partir do amor, se ama verdadeiramente, vitoriosamente, e o amor se torna um remédio poderoso de cura para a alma. No entanto, quando se ama a partir do medo, a derrota e o sofrimento são inevitáveis, estabelecendo vínculos de dor, manipulação, desconfiança, traição e temor ao abandono.

Meditar a respeito do amor, suas diferenças, significados e qualidades, sem dúvida, não nos fará mais evoluídos no terreno dos afetos, nem verdadeiramente amorosos num piscar de olhos, mas poderá nos colocar na perspectiva correta a respeito de tudo o que ainda temos a aprender em matéria de evolução integral de nosso ser, para usufruirmos de uma vida mais harmoniosa, plena  e feliz.
Texto Revisado


 

Publicado dia 25/2/2018
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstar Avaliação: 3 | Votos: 250



foto-autor
Autor: Adriana Garibaldi   
Confira minha página no Facebook
E-mail: adrianagaribaldi@hotmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa