auravide auravide

A busca por nossa origens através da TVP



Atualmente, diversas pesquisas científicas vêm sendo feitas sobre o assunto reencarnação, tentando provar que existe vida após a morte, que não somos seres finitos, que a vida, enfim, é apenas uma passagem uma transformação. O assunto é bastante fascinante, ou seja, saber que já habitamos este mundo há muito tempo e que já viemos a este mundo em outro corpo, outra personalidade, outra vida, convivemos com outras pessoas, tivemos outros familiares, outros amigos, outros inimigos, enfim.



A reencarnação é um assunto bastante polêmico e para os que não acreditam que a vida continua após a morte, para os que acreditam que tudo acaba quando morremos, e que consideram sua opinião alicerçada pela ciência, sugiro uma reflexão. Segundo um grande físico, que todos nós estudamos no ensino primário, existe uma lei na natureza e ela diz o seguinte: "Na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma."



Acredito que podemos nos ater a este conceito científico para voltarmos nossas atenções e acreditarmos que a reencarnação existe, pois além deste conceito, temos também uma lei escrita por Hermes Trimegisto, e reiterada pelo povo pagão antigo, os Wiccanos atuais e o povo adepto do xamanismo, de que tudo na natureza é cíclico e, portanto, tudo vai e volta constantemente.



Sabemos que assim como a folha que cai ao solo no outono se transforma em adubo para as outras plantas ou em alimento para os animais; ou o fruto que cai no solo apodrece e pode servir de alimento para outros animais; ou solta suas sementes para renascer em outra planta da mesma espécie; e assim como existe o ciclo da lua, do sol, do planeta Terra, o dia, a semana, o tempo, a vida, tudo nasce, cresce, decresce e morre para se transformar novamente; e assim deve ser a vida humana. Digo "deve ser" porque nos dias de hoje ainda é impossível provar isso de forma "cartesiana" e científica (nos moldes da ciência atual), mas as comprovações são evidentes no consultório, nas sessões de regressão.



A TVP ou regressão tem hoje muitos adeptos profissionais da psicologia e profissionais terapeutas alternativos, tanto quanto as várias linhas e técnicas para sua aplicação. Existem também vários trabalhos de cientistas renomados sobre o assunto procurando evidenciar cientificamente e aperfeiçoar a técnica, como o Dr. Hernani Guimarães do Instituto Brasileiro de Psicobiofísica de Bauru, ou Herminio Miranda em sua obra "Eu sou Camile Desmoulins", da Editora Lachatrê, que apresenta uma obra onde mostra a comprovação histórica dos fatos colhidos numa sessão de regressão e tvp.



No trabalho em consultório não visa provar nada a ninguém através da TVP ou da regressão, mas sim buscar tão somente o resultado prático e curativo que oferece a terapia de regressão em alguns casos de problemas emocionais e psíquicos que se resolvem mais facilmente com esta técnica em vez de uma psicoterapia tradicional. Principalmente nos casos de fobias, medos, sindrome do pânico, têm-se conseguido ótimos resultados práticos na psicoterapia, utilizando a tvp como complementar.



No trabalho como psicoterapeuta psicanalítico viso submeter o paciente a um tratamento de fundo, ou seja, buscar as causas do seu sofrimento e assim fazer com que o seu subconsciente, ou mesmo o inconsciente se supere, reelaborando as mudanças de forma autônoma, ou seja, sem a intervensão do ego do paciente. Isso quer dizer que não acredito em curas instantâneas pelo poder do pensamento positivo, da mente consciente ou em outras palavras, do ego. Isso porque os nossos conflitos interiores são, na maioria das vezes, profundos e inconscientes ou subconscientes e, assim, estão como que "auto-imunes" à influência do ego consciente. Se assim não fosse poderíamos dizer que um depressivo poderia deixar de sê-lo pela simples vontade de melhorar, e sabemos que isso não é verdade.



A TVP traz uma enorme contribuição para as psicoterapias, principalmente à psicanálise, auxiliando nos casos mais difíceis, trazendo respostas aos conflitos que apesar de serem da ordem do inconsciente, quando entendemos a causa, o próprio inconsciente se reestrutura segundo a nova perspectiva e o paciente sente-se bem automaticamente, sem ter de fazer nenhum esforço mental para isso, digo, conscientemente (ego).



Reitero que a TVP ou regressão não deve visar, tão somente, a busca sobre o que a pessoa foi na vida passada por simples curiosidade, mas deve, sim, através de um trabalho de investigação de cunho terapêutico, buscar as causas para conflitos de ordem psíquica que estejam causando sofrimento ao paciente nos dias de hoje. A regressão é uma técnica muito eficaz em muitos casos e utilizada no processo terapêutico.



 

Roberto Gwydion é terapeuta e tarólogo tarologoweb

Texto revisado por Cris



Publicado dia 12/2/2007
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 5



foto-autor
Autor: Paulo Zonta   
Terapeuta e Coaching
E-mail: paulozontaescritor@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa