auravide auravide

Como é se sentir agredida? (emocionalmente)


Facebook   E-mail   Whatsapp

A sensação é de impotência, paralisação. Você se sente prostrado e tudo que lhe resta é se recolher em sua dor e lamber as feridas.

As palavras doem mais do que gestos, a agressão está em toda a parte.

Quando não há mais o que fazer, quando não lhe resta esperanças, sobra mais um motivo para lutar, para não desistir: a sua dignidade, a sua honra.

Não há nada pior do que alguém ferir o seu centro de força e autoestima, ainda mais quando é alguém que amamos e confiamos.

A dor se torna pior, e nessa mistura de amor e dor, muitas vezes, tentamos defender o ser amado. Achamos que ele(a) se equivocou, se enganou, não era bem assim, estava num mau dia... Enfim, tantas desculpas que, no fim, não vão dar em nada. Apenas em mais uma dor, daqui a algum tempo...

Viver assim é viver fora do amor verdadeiro, que envolve o componente da paz, da harmonia e do respeito.

Querer se libertar dessa dor é o primeiro passo para as mudanças. Almejar um futuro melhor, mais tranquilo... Mesmo que seja em outra cidade, em outro país, onde quer que seja, haverá um lugar onde a paz existe e pode ser sentida/vivida.

É preciso querer e é preciso ter coragem. Deixar tudo para trás: emprego, trabalho, amigos, projetos... Tudo vai junto embora, só não vão as verdadeiras amizades e as boas lembranças.

E, quando partir, lembre bem de fechar todas as portas, não deixar nenhuma fresta, por onde o mal possa ainda te alcançar.

O karma pode ter acabado, mas as consequências podem ser sentidas tempos depois, como cicatrizes de feridas não curadas.

Ao terminar, o grande desfecho só pode ser a paz, enfim, almejada. A felicidade sentida na liberdade, do que vai vir a ser.

Arco-íris lhe esperam, borboletas e um Sol bonito, repleto de calor para preencher sua alma, com vida, luz e renovação.

O que não te cabe fazer, deixe para trás.

O que puder fazer, enfrente com coragem e destemor.

Mais vale uma porta bem fechada, do que arrependimentos depois...

Sorria e crie a nova vida. Se reconstrua, se recicle, tudo passa... A dor passada nunca mais irá voltar, mesmo que outros tentem tirar a sua paz – não hão de conseguir!

O que está feito, está feito – não adianta lamentar! É hora de seguir em frente e uma nova vida criar!
 

Om Sai Ram!
 

Aurora Reis
 

www.espacopachamama.com
 

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 11


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Ana Carolina Reis    
Responsável pela Escola Ascensional Aurora Pachamama. Terapeuta Integrativa, há 20 anos (CRTH-BR 6400 ABRATH), com formação em Psicologia, pela UFSCPA. Mestre em Seichim e Reiki (Diversos Sistemas). Cristaloterapeuta pela "The Crystal Academy of Advanced Healing Arts". Autora dos livros: "Xô, depressão!" e "A Sabedoria dos Cristais".
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Almas Gêmeas clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa