auravide auravide

Inteligência Emocional - O Caminho para o sucesso pessoal

por Marcos Antonio Brenelli

Publicado dia 15/4/2008 em Almas Gêmeas

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Emoções, emoções, emoções! Pode parecer pouco, mas é a razão de existirmos aqui e agora, vivenciarmos e aprendermos a controlar nossas emoções, pois elas são uma parte importante do processo de crescimento espiritual e emocional do ser humano. Controlar as emoções é, de fato, um caminho que muitos buscam, mas que poucos conseguem e muitos se perdem nos corredores do tempo.

As nossas emoções foram registradas em nossa mente através das experiências que vivenciamos de zero (gestação) até sete anos de idade. Neste período, que é o mais importante na vida de uma pessoa, aprendemos a ver o mundo através das experiências que temos, dos exemplos que vemos e das palavras que ouvimos de nossos pais, avós, irmãos e amigos. Muitos pais não têm a noção da importância desse período e como ele será decisivo no sucesso pessoal do filho durante o resto de sua vida.

Vejamos um exemplo: uma mulher está grávida e passa por uma experiência traumática - a perda de alguém muito querido - que a deixa deprimida durante a gestação toda, ruminando pensamentos de dor, perda, angústia, ansiedade, e todos esses pensamentos estão sendo passados para os registros emocionais do filho.

Após o nascimento esse filho(a) irá apresentar provavelmente muitas doenças relacionadas com o pulmão, pois a tristeza esteve presente durante seu processo de gestação e ainda continua presente nas emoções da mãe. A criança apresentará uma tristeza, será mais tímida, medrosa, frágil e tenderá a sentir-se rejeitada pelos demais. Ela crescerá e continuará sentindo uma tristeza, um medo de perder alguém, mas que não saberá de onde vêm, nem o porquê, apenas irá sentar e chorar. Os pais, avós, professores, amigos, esposa, maridos e todos os envolvidos, darão mil conselhos, dicas de como mudar, se libertar, tomará remédios, fará exercícios, simpatias e muito mais, mas enfim, a tristeza sempre volta e quando chega, só resta sentar e chorar.

O que fazer? Como podemos mudar nosso comportamento e nossas emoções?

Um elemento chave na maestria das emoções é a inteligência emocional. A Inteligência Emocional está relacionada a habilidades tais como motivar a si mesmo e persistir mediante frustrações; controlar impulsos, canalizando emoções para situações apropriadas; praticar gratificação prorrogada; motivar pessoas, ajudando-as a liberarem seus melhores talentos e conseguir seu engajamento aos objetivos de interesses comuns. É medida através de testes que indicam o nosso Quociente de Inteligência Emocional.

Se tivermos habilidades emocionais bem desenvolvidas seremos mais capazes de domar nossa mente, evitando o discurso que se manifesta em ações que firam a nós mesmos e aos outros. Para tornar-se hábil com as emoções, precisamos primeiro compreender o que sentimos e o que causa esses sentimentos. Isso nem sempre é uma tarefa fácil, especialmente se nos acostumamos a esquecer ou a ignorar sentimentos dolorosos.

As emoções em si mesmas não são negativas, mas uma parte natural do ser humano. É como nós administramos as emoções que conta. Todos ficam zangados algumas vezes. É o que fazemos com a nossa raiva que causará um impacto no progresso pessoal e felicidade.

Quanto mais as respostas forem fora do controle para as nossas emoções incômodas, menos poder teremos em nossa vida. A chave é o equilíbrio e a resposta inteligente.
Quando nos tornarmos hábeis em trabalhar com as nossas emoções, mais precisaremos também nos tornarmos peritos em sentir e responder às emoções dos outros. Isso inclui as interações com aqueles que aparentemente parecem muito impassíveis. Algumas dessas pessoas podem até se gabar de não ter emoções ou desafios emocionais, como se isso fosse verdade.

Melhorar o nosso Quociente de Inteligência Emocional é o caminho para o sucesso pessoal e profissional.

Para resolver esta questão de uma forma definitiva e aumentar o nosso Quociente de Inteligência Emocional, o Centro de Tecnologia Quântica desenvolveu um processo revolucionário utilizando a Terapia Quântica chamado Programa Quântico de Melhoria da Inteligência Emocional. Este programa permite uma transformação emocional completa das emoções negativas que são trabalhadas uma a uma em sua própria casa, no seu próprio tempo, utilizando um CD específico para esse fim, fornecido durante o treinamento para Melhoria da Inteligência Emocional.

Esse processo foi desenvolvido para dar às empresas uma oportunidade de criarem um novo Quociente de Inteligência Empresarial que se refletirá em mais vendas, mais lucro e um ambiente harmônico entre os funcionários e executivos da empresa.

As emoções são transformadas através de um processo utilizando um avançado e inédito sistema de procedimentos quânticos, que através de instruções previamente programadas atuam no sistema emocional, mental e espiritual, buscando a origem da emoção desde vidas passadas até o aqui e agora, efetuando uma liberação da carga emocional negativa associada ao evento identificado.

A mudança no comportamento das pessoas é imediata e permanente e ocorrerá naturalmente, sem que a pessoa precise ficar com conflitos internos tentando não sentir as emoções negativas; apenas não as sentirá e passará a reagir de forma positiva diante das situações que antes causavam desequilíbrio emocional.

Este processo também é utilizando nos atendimentos terapêuticos e cursos realizados no Centro de Tecnologia Quântica, utilizando-se a Terapia Quântica como técnica de transformação emocional.

Nunca é tarde para se ter uma infância feliz. Que tal mudar a sua?

Para saber mais sobre atendimento terapêutico ou se inscrever em cursos do Centro de Tecnologia Quântica acesse o site link

Preparado por Marcos Brenelli
Diretor do Centro de Tecnologia Quântica, Pesquisador e Criador da Terapia Quântica
Terapeuta Quântico, Palestrante e Consultor de Empresas.
www.terapiaquantica.com.br
(19) 3579.0639

Texto Revisado
 

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 24

foto-autor
Autor: Marcos Antonio Brenelli   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Não se trata do que eu devo nem do que eu quero...
artigo Infeliz
artigo O sagrado
artigo Tenha uma vida afetiva abundante

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa