auravide auravide

Mulher que se doa demais


Facebook   E-mail   Whatsapp

Desde tempos muito antigos, as mlheres são educadas para servirem e cuidarem dos ambientes domésticos e das pessoas, principalmente dos seus familiares.

Felícia (nome fictício) chegou ao consultório com uma expressão facial exausta, com olheiras profundas, arroxeadas e com sua pele estranhamente amarelada.

Estava magra, muito magra, quase só pele e osso.

A pele estranhamente amarelada chamou a minha atenção e, antes mesmo de conversar com os mentores espirituais dela, recomendei que procurasse um médico logo após a sessão de terapia pra examinar seu corpo físico, pois aquela cor de pele poderia estar indicando algum problema físico, talvez no fígado.

Felícia aceitou a minha sugestão prontamente e me informou que estava precisando mesmo, pois estava sentindo palpitações no peito com frequência.
Combinamos que ela iria passar num hospital assim que terminasse sua sessão de terapia.

Após ouvir suas queixas, fiz um contato com seus mentores espirituais pra entender o que estava acontecendo com ela. Rapidamente veio a resposta: ela era uma mulher do tipo "enfermeira", digamos assim.

Felícia, desde criança, cuidava de todos à sua volta, menos de si própria. Estava começando a envelhecer e seu corpo estava dando sinais de exaustão, tanto física quanto emocional.

Tive que fazer um "tratamento de choque" com ela, o que não costuma ser o meu estilo terapêutico, mas, nesse caso, os próprios mentores espirituais pediram pra eu conversar com ela de uma forma bem direta e objetiva.

Foi então que eu disse pra ela que, se ela não começasse a se cuidar imediatamente, provavelmente, ela poderia desencarnar muito mais cedo do que o planejado para a vida atual dela.

Ela se assustou quando ouviu as minhas palavras e começou a chorar. Após enxugar as lágrimas, contou-me que ela não poderia "ir embora" desse mundo, pois havia parentes bem próximos que precisavam muito dos cuidados dela.

Eu a compreendi perfeitamente e dei início a uma conversa terapêutica voltada pra soluções bem práticas e objetivas como, por exemplo, pedir a ajuda dos filhos pra resolver certos problemas.

Ela estava acostumada a cuidar praticamente sozinha de todas as pessoas doentes e necessitadas da família, ao ponto de não ter nenhum tempo livre pra si mesma.

E não precisava ser assim. Havia outras pessoas saudáveis e abastadas que poderiam ajudar também.

Sugeri que fizesse uma reunião familiar pra dividir as tarefas e contratar cuidadores, pois era uma família com boas condições financeiras.

Também vimos uma encarnação passada de Felícia na qual o marido dela (da vida passada) havia morrido antes dela e ela (a personalidade passada de Felícia) ficou se sentindo culpada, acreditando que ele não teria morrido se ela tivesse cuidado melhor dele.

Tratamos esse Eu passado, conversamos com ele, mostrando que ele fez o melhor que pôde fazer, pois o desencarne do marido iria acontecer mesmo, já estava programado.

Também vimos uma encarnação passada de Felícia na qual ela uma enfermeira numa campanha de guerra e não conseguiu atender a todos os feridos porque eram muitos, e era impossível atender a todos.

Mesmo assim, ela se sentia culpada, achando que poderia ter salvado mais vidas.

Ficou registrada na mente espiritual dela que, se ela não cuidar muito de uma pessoa, esta irá morrer. O que nem sempre é verdade, pois, podemos cuidar da melhor forma possível, prestar todos os socorros e, mesmo assim, a pessoa desencarnar.

Ou seja, nem sempre conseguimos salvar vidas, mesmo quando fazemos o melhor possível.

Essa personalidade passada enfermeira que trabalhou na guerra também foi tratada e reintegrada na psique de Felícia, passando a ajudar na atual encarnação.

Após muitas conversas terapêuticas e algumas regressões, Felicia foi aprendendo a se colocar, a dizer "não", a delegar tarefas e a não permitir mais que ficasse sobrecarregada.

Com o tratamento, ela foi melhorando cada vez mais, hoje tem olheiras bem suaves apenas, está com a cor da pele normal e com o peso normal.

Hoje se sente livre pra viver a vida dela e realizar os seus próprios sonhos.

A Terapia de vidas passadas já ajudou muitas pessoas a mudarem suas vidas para melhor. Ela também pode ajudar você!

Gostou do texto?
Então curta e compartilhe. Assim mais pessoas serão auxiliadas...
Gratidão, paz e amor,
Valéria Centeville - Terapeuta de vidas passadas

www.terapiadevidaspassadas.com

www.povodooriente.net

WhatsApp: 11 9 8444 9975 e 11 9 4236 6486
[email protected]

Texto Revisado
 

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 514


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Valéria Centeville   
Terapia de vidas passadas. Captação mediúnica. Terapia Reencarnacionista. Terapia Regressiva. Hipnoterapia (hipnose). Terapia Espiritual. Terapia Floral. Canalizações de mensagens dos mentores espirituais. Orientação espiritual. Tarô cigano.
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Almas Gêmeas clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa