Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Em outra realidade, aquele amor, existiu!!

por Silvana Giudice

Publicado dia 1/6/2019 em Almas Gêmeas

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


E se aos vinte e poucos anos eu tivesse quebrado regras e tivesse lutado por aquele amor que simplesmente cruzei os braços e deixei partir? Será que eu teria alguma chance de pular para esta outra realidade e ter sido feliz?
Esta é a minha história!? Ou é a sua ou de outra pessoa qualquer?
Pouco importa. A verdade é que todos nós, em determinado momento, vivemos algo semelhante. E se...

Realidades paralelas, um tema muito abordado em filmes e séries nos dias de hoje.
A Casa do Lago é um deles. Uma história de uma médica solitária e um arquiteto que se apaixonam, mas descobrem que estão vivendo no mesmo dia, mas com dois anos de diferença.
Como desafiar o tempo? Como descobrir o mistério que se esconde atrás deste romance?
Uma trama repleta de emoção e magia. Intuição e sensibilidade...
Loucura, ficção ou realidade?

Quando falamos de universos paralelos, o físico Hugh Everett é um dos mais lembrados.
Sua teoria, cunhada ainda nos anos 50, argumenta que “existem milhões de mundos paralelos. Dessa forma, tudo que acontece em nossa realidade está acontecendo simultaneamente em outras realidades alternativas por aí... A partir da visão da mecânica quântica, esta é a teoria melhor aceita entre a comunidade científica”.

Certamente, você ja deve ter tido um dejávu... Sabe aquele sentimento de que já viveu antes, algo que acabou de acontecer com você?
O que seria? Memórias guardadas ou versões de nossos “eus” que vivem em universos paralelos?

Hugh Everett afirmou ainda que uma partícula subatômica poderia ir tanto para a direita como para a esquerda ao mesmo tempo e que, em vez de destruir uma das probabilidades, o que acontecia era que uma dessas duas opções sobrevivia em um desses universos paralelos.
Ele coloca o exemplo de um ônibus. “Em algum universo paralelo, o ônibus que virou para a esquerda virou também para a direita”.

Aqui a coisa é que nós não vemos dois ônibus indo em duas direções ao mesmo tempo. Isso é o que chamamos de “colapso da função de onda”.

Para o observador, as superposições desaparecem e escolhem uma das duas opções, mas a outra continua existindo em outro lugar, e isso acontece com toda as decisões que não tomamos”, explica Sonia Hernandez Vidal, escritora espanhola e divulgadora científica.

Então, podemos imaginar que aquele amor que deixei partir em uma outra realidade dimensional subsistiu?
Alias, esse caso de amor que contei no início era a minha história ou a sua?
Não me lembro muito bem, mas pouco importa. No nosso mundo paralelo, sobrevivemos, nos reinventamos e o nosso amor, SIM... existiu!

Texto Revisado


Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstar Avaliação: 4 | Votos: 4

Sobre o Autor: Silvana Giudice   
Psicoterapeuta Reencarnacionista Numerologia Pessoal- Empresarial- Vocacional Terapia Floral Tarô Aconselhamento Endereço- Tatuapé- proxima Metrô Carrão telefone- (011) 3586-8885 e 98706-0806 Tatuapé- São Paulo mais informações- [email protected]
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Cuide da sua energia
artigo O Invisível, visível, 2
artigo Quando as Estrelas Descem Para Dançar no Coração do Homem
artigo O poder do desinteresse

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.








horoscopo



auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa