auravide auravide

Os caminhos do amor não correspondido


Facebook   E-mail   Whatsapp

Passam pelo meu consultório muitos corações desiludidos. Algumas pessoas são carinhosas e dedicadas. Vivem o karma da desilusão amorosa. E embora tenham o coração amoroso, este vive solitário. A pessoa amada não anda no mesmo compasso; não percebe a dedicação e o sentimento.

Na Terra, vivem vários tipos de espíritos encarnados. Essa diversidade de temperamento e evolução espiritual pode ser encantadora se você tiver autoestima e for otimista. Nem sempre aquele que sofre por amor carece de autoestima. Muitas vezes, são mulheres e homens bem sucedidos; pessoas encantadoras.

Só as almas gêmeas parecem dançar no mesmo ritmo. É o mesmo tipo de sintonia fluídica, de valores morais e afinidades espirituais. Gostam das mesmas coisas e existe uma troca benéfica de energia. Um não domina e nem floresce à custa do outro. São casais invejáveis e dignos de admiração.

Outra espécie de relacionamento amoroso envolve a diferença no ritmo. Um é mais dedicado do que o outro, mais terno ou apaixonado. Pode ser mais evoluído e perdoa com facilidade. Ensaia na Terra o amor incondicional. Ele é feliz porque ama e, não, porque é amado. E, com o tempo, a pessoa amada reconhece a dedicação e o respeito e começa a vibrar no mesmo diapasão. No entanto, nem todas pessoas reconhecem um amor verdadeiro. E só o reconhecem quando perdem a pessoa amada.

Alguns casos de amor sobressaem pela intensidade da paixão. A pessoa ama tanto que faz tudo pela pessoa amada. Gosta de vê-la feliz e quase nada recebe em troca. Podem ser alguns momentos onde trocam juras de amor. O alvo do seu amor pode ser uma pessoa comprometida ou casada. O coração de quem ama em segredo dói muito, mas a escolha é da pessoa. Existe uma diferença entre o amor verdadeiro e o amor doentio. No amor verdadeiro, a pessoa tem autoestima suficiente para deixar o amado ir embora e cuidar da sua vida. Sabe que merece ser amado. No amor doentio, a mulher e o homem investem na pessoa de uma maneira insistente. Nada importa a não ser viver aquela paixão. São ciumentos e possessivos. Muitos partem para uma decisão drástica. Os jornais estão repletos dessas tragédias passionais. Quem ama de verdade não mata!

São vários os tipos de união:

União de almas gêmeas evoluídas: reencarnam para viver o Bem e a Fraternidade. Relacionamento muito raro na Terra.

União de almas gêmeas: espíritos que têm muito ainda a resgatar, mas se amam de verdade. Geralmente, se dão muito bem e se conhecem através do amor à primeira vista. Viveram uma história de amor em outras eras.

Espírito evoluído e a pessoa amada ainda em estágio inferior: união para resgate de débitos contraídos em vidas passadas. Os seres evoluídos amam tanto que colaboram para a evolução do ser amado.

Espíritos em estágio inferior de evolução: casais que se apaixonam, mas sofrem muito por causa das imperfeições da alma. Vivenciam o ciúme, o egoísmo e a intolerância. Relacionamento muito comum na Terra.

União marcada por intensa paixão; corpos que se desejam muito; magnetismo sexual. Em alguns casos, união planejada pela Espiritualidade Maior. Sem a paixão jamais se apaixonariam. Em alguns casos, o relacionamento pode passar da atração divertida para o amor. Resgate de débitos graves contraídos em outras eras. Se for apenas atração física, passada a atração inicial, afastam-se.

Alguns casamentos são planejados no plano espiritual antes do reeencarne dos espíritos. O casal promete se unir para formar uma família e resgatar os débitos contraídos no passado. Quando encarnadas na Terra alguns espíritos falham na sua missão. Abandonam a estrada porque não conseguem tolerar as imperfeições da pessoa amada. Ou mesmo porque o outro não cumpriu com as promessas de amor e respeito. Deus não deseja uma união cheia de ódio e desrespeito. A Espiritualidade Maior não interfere nas suas escolhas amorosas e nem no seu livre-arbítrio. Amar alguém acontece; ficar ou não com essa pessoa pode ser uma escolha.

O amor verdadeiro é o de alma para alma; sobrevive ao tempo, às imperfeições da carne e às intempéries da vida. O amor verdadeiro é incondicional; o amor das almas elevadas. A união entre dois espíritos encarnados é o ensaio para um Amor Maior e a Fraternidade. O amor deve caminhar pela estrada espinhosa do perdão e da tolerância mútua. E, principalmente, pelo respeito. Almas que não se respeitam, zombam do amor e dificilmente continuarão juntas.

Se você vive um amor não correspondido, agradeça a Deus a oportunidade de amar. O amor entre duas pessoas é sagrado! É necessária uma troca harmoniosa de energias. E isso não acontece no amor não correspondido. Você deseja amor; a pessoa amada só quer amizade. Você deseja se casar e formar uma família e o eleito do seu coração deseja apenas uma aventura. Deixe o pássaro voar! Se, um dia ele voltar, será somente seu! O amor aparece quando a gente menos espera! Aproveite as oportunidades de conhecer gente interessante! Seja feliz!

Texto revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 156


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Sandra Cecília F.de Oliveira   
Possui um grupo destinado ao consolo, mensagens psicografadas no Facebook: Psicografias on line. Páginas: RELAX MENTAL, DOCE MAGIA E SANDRA CECÍLIA.
E-mail: relax.mental@uol.com.br | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Almas Gêmeas clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa