auravide auravide

Se Alma Gêmea existe mesmo, então, cadê a minha?



Mês que vem tem o Dia dos Namorados e já começa a bater o desespero em alguns. Para quem trabalha com oráculos e autoconhecimento como eu, é o período de atender pessoas deprimidas e desiludidas. Mas o período mais complicado mesmo é no final do ano. Mais que ter um amor duradouro, as pessoas se ressentem de não serem amadas nem por seus familiares. Uma coisa é esperar que apareça alguém, como a maioria fala. Outra coisa, é saber que quem já apareceu, também não está ajudando em nada. Por que será?
Junho também é o período dos cursos que vão mudar sua vida amorosa em três meses, das simpatias para encontrar um novo amor e das magias infalíveis. Só que não. Você sabe que nada disso funciona, porque se funcionasse ninguém mais estaria sozinho.

Vamos entender magicamente o significado desse mês. Se junho é o mês dos geminianos, tem influência do planeta Mercúrio e está ligado ao arcano dos Enamorados no Tarot, será que ele é realmente o melhor mês para arrumar um novo amor?

De acordo com o Tarot, o arcano conectado com o signo de gêmeos é o Mago. O Mago é o perfeito exemplo de um geminiano na sua fase mais negativa, porque ele representa o começo, mas nunca o fim. Eu sou geminiana e entendo bem do que estou falando.

Alguns tarólogos disseminam a ideia de que os Enamorados é o arcano do amor, mas se você fizer um estudo um pouco mais cuidadoso, constatará que esse é o arcano da dúvida no amor e não do amor pleno.

Segundo a cabalá, Sivan (junho) é o mês de recebimento da Torah. Também é um mês para descobrir grandes segredos, obter respostas importantes, e um mês para se arrumar um bom professor. Como gêmeos é o signo da dualidade, também é um mês onde nossas dúvidas poderão aflorar com mais intensidade. Mas alguns cabalistas acreditam em Almas Gêmeas. Eu não.

Se Adão tivesse nascido junto com Eva, os dois seriam irmãos. Se ele tivesse nascido de Eva, seria seu filho, no entanto a Bíblia diz que Eva nasceu de um pedaço da costela de Adão, muito tempo depois de ele ter sido criado por Deus. Adão e Eva não são almas gêmeas e sim almas complementares. Nisso eu acredito. Nascemos inteiros e se tivéssemos a chance de conviver com uma pessoa igualzinha a nós, nada teríamos para aprender. Tivemos muitas vidas e por isso temos muitas “Almas Complementares” soltas por aí, unidas a nós pelas teias da vida. Não fique procurando pelo ponto brilhante no ombro, que só Paulo Coelho consegue enxergar. Procure sim acender seu coração, a ponto dele brilhar como um farol numa noite escura de tempestade no mar. É esse brilho caloroso que trará suas almas complementares até você, em qualquer mês do ano.

Texto Revisado

Publicado dia 17/5/2018
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstar Avaliação: 3 | Votos: 241



foto-autor
Autor: Rosana Ferraz Chaves   
Oraculista, sensitiva e escritora. Se dedica aos estudos de anjos, baralhos e tarots antigos, ministra cursos de oráculos, neurolinguística. Desenha mandalas e cria perfumes mágicos em seu atelier. Autora do livro Magid - O encontro com um anjo.
E-mail: rosanafch@yahoo.com.br | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa