auravide auravide

Ambiente de trabalho, energeticamente, tóxico. O que fazer?


Facebook   E-mail   Whatsapp

“O ambiente está pesado!”

“A energia desse lugar está insuportavel!”.

“O clima está tenso”.

O que essas frases tem a ver com você? Principalmente, você que trabalha em empresas de médio e grande porte? Se você se identifica com o tema, vem comigo nessa leitura, te darei dicas de como ser um agente desintoxicante dentro do seu trabalho.

Por atender profissionais de diversas áreas de atuação, venho notando um aumento de reclamações a respeito dos ambientes de trabalho, onde muitos relatam uma certa intoxicação, uma espécie de sufocamento energético que suga e desgasta cada vez mais as pessoas.

Vale ressaltar que as medidas de isolamento social ajudaram alguns profissionais perceberem o quanto é bom ter liberdade, reservar tempo para brincar com seus filhos, seus bichinhos ou simplesmente curtir o lar.

Com a volta ao trabalho presencial, muitos estão sobrecarregados de tarefas, prazos e metas a serem atingidas. Não bastasse isso, ainda tem questões pessoais, problemas e situações que envolvem família, filhos, relacionamentos e outros problemas que surgem ao longo de sua caminhada pela vida.

Bom, mas o que isso tem a ver com a toxicidade energética no ambiente de trabalho?

Tem tudo a ver. Veja bem:

– Uma pessoa feliz e despreocupada produz muito mais e obtém resultados positivos, desde que faça aquilo que gosta, em um ambiente que se sinta acolhida, alegre, útil e conectada com o que se faz;

– Uma pessoa preocupada, emocionalmente exaurida, estressada e infeliz por algum problema que não vê solução no momento, dificilmente produzirá bem. Não conseguirá se conectar 100% ao trabalho. A não ser que ela não misture as coisas (pessoal e profissional). Pessoas mais sensíveis poderão sentir irritações e desconfortos devido ao estado emocional que o colaborador em questão se encontra. E isso pode ser uma das principais causas da intoxicação ambiental. O problema de um, de forma direta ou indireta afeta os demais. Tem como comprovar isso? Sim, pela observação, pelo modo que as pessoas se comunicam, pelas palavras que proferem. Lembrando que raiva, frustração, medo, estresse, vergonha são sentimentos naturais. Todos nós humanos temos essas emoções;

– Se a pessoa gosta do que faz, mas sente que não está recebendo a valorização devida, e ao mesmo tempo não consegue negociar sua remuneração, isso pode gerar muita tensão mental e frustração. E pior, devido ao cenário mundial de “crise”, pode sentir medo em realizar uma mudança de emprego, procurar algo melhor onde possa ser mais valorizada. Isso é paralisante, gera insegurança;

– Pessoas que não conseguem separar sua vida pessoal da vida profissional são mais propensas a intoxicar o ambiente de trabalho de forma inconsciente, ou seja, não percebem o mal estar que estão causando.

Não quero com isso ofender ninguém, mas imagine o seu chefe chegando ao trabalho todo mal humorado e descontar a culpa dos problemas dele em você, que não tem nada haver com a vida dele? Imagine-se perguntando algo simples para o seu colega ao lado e ele lhe responde de maneira ríspida e totalmente deselegante. E se for você (que lê esse artigo), a pessoa que está levando um problema pessoal para o trabalho? Já parou para pensar nisso? Separar essas duas áreas de nossas vidas é fundamental para evitarmos problemas (vida pessoal da vida profissional);

– As cobranças e a incapacidade de sofrer pressão também são causas de intoxicação do ambiente;

– A falta de colaboração, os desentendimentos com as equipes de trabalho também são causas que contribuem com a intoxicação;

– A competição destrutiva, aquela que não contribui para o crescimento de todos os envolvidos e colaboradores da empresa gera complexos de “superioridade” e “inferioridade“.

– Fazer parte de um time e não se dedicar para que esse time tenha bons resultados, é um comportamento que desgasta, sobrecarrega aqueles que realmente estão empenhados no trabalho.

Poderíamos relatar diversas situações que deixam o ambiente tóxico. Você tem outros exemplos e quiser compartilhar alguns, use o nosso campo de comentários, ok?. Creio que os exemplos acima são suficientes.

Certo, mas o que devo fazer para ser um agente desintoxicante em meu trabalho? Vou relacionar alguns pontos a seguir.

COMO SE TORNAR UM AGENTE DESINTOXICANTE EM SEU AMBIENTE DE TRABALHO:

– Você precisa parar, refletir e perceber (sendo sincero consigo mesmo) se é você o indivíduo que intoxica o ambiente com seus problemas, suas neuras, suas dificuldades pessoais, implicações com o jeito de ser do outro, seus medos, inseguranças, se se ofende e leva as coisas para o lado pessoal etc.;

– Pare e pense se você escolheu o local correto para trabalhar. Ele é compatível com sua energia, com seus princípios e valores? Até que ponto você se sujeita a fazer o que faz?

– Reflita se você sempre trabalhou em um ambiente tóxico e só agora está percebendo o quanto ele te faz mal;

– Se não for o caso de mudar de emprego, o que você pode fazer (oferecer) para que o seu ambiente de trabalho fique menos “denso”? Dica: “Aprenda a lidar com suas emoções e não permita que o mal humor ou o problema do outro te afete”.

– Cumpra à risca o seu horário de trabalho (contratual). Claro, eventualmente, permita-se chegar mais cedo ou sair um pouquinho mais tarde para adiantar algo. Mas não faça isso como hábito ou regra.

– Aprenda a relaxar no meio do furacão (dos problemas). Por mais desafiador que seja a situação em seu trabalho (metas, prazos, cobranças, pressões de todos os lados), reserve alguns minutos só pra você, para se acalmar, respirar conscientemente, se desligar dos problemas e se manter conectado em você, apoiando você. O trabalho é importante, mas a sua saúde física e mental tem um valor inestimável. Pense nisso.

– Aprenda a respeitar seus sentimentos, a valorizar-se e ser verdadeiro consigo mesmo. Se algum dia você não estiver bem, diga: “não estou bem hoje, gostaria de ficar em silêncio”“não é nada pessoal contigo”. Claro, se sua atividade permitir isso, funcionará muito bem. Não tenha medo ou receio do que os outros vão pensar. Diga a sua verdade e pronto!

O tempo é agora, o momento para as transformações é exatamente este.

Pense com carinho a respeito do que expus aqui e faça movimentos internos para que se sinta cada vez melhor, independentemente do seu local de trabalho.

Muito obrigado por me acompanhar até aqui.

Dill Rhodrigues

Texto Revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 121


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Dill Rhodrigues   
Ofereço terapias alternativas para pessoas que buscam autoconhecimento, crescimento pessoal, equilíbrio emocional e espiritual sem abrirem mão do bom senso, experiência e responsabilidade nos métodos terapêuticos oferecidos em cada sessão.
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Autoajuda clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa