auravide auravide

Como atingir metas sem se perder no Caminho



O verbo “querer” nunca é tão usado como no começo do ano. Sempre prometemos muitas coisas como emagrecer, poupar, trabalhar menos, trabalhar mais, melhorar nossos relacionamentos, fazer novos amigos, conquistar alguém, arranjar um novo emprego... Temos uma lista infindável de desejos.
Então por que muitos desses desejos não se tornam realidade? E assim, ao findar mais um ano, esses desejos se tornam frustrações. Para que um projeto se torne realidade devemos considerar algumas observações que poderão nos ajudar a concretizá-los.
A primeira é escolher, entre tantos desejos, o que mais você necessita ou precisa naquele momento, porque quase sempre agimos como um comprador compulsivo diante da gôndola do supermercado, comprando tudo o que se vê pela frente. A fome por saciar nossa sede de coisas e objetos nos faz escolher metas erradas.
“Quem não sabe o que procura, não percebe quando encontra”.
A meta terá que ser clara e bem definida, fica difícil alcançarmos o que não está claro na nossa mente. Podemos até ter uma ideia vaga do que queremos no futuro, porém sem uma definição clara, nossa mente não irá se esforçar para buscar nossos objetivos. Aconselho no máximo três metas ao ano.

As metas não devem ser criadas com razões ruins como:

Eu preciso de mais dinheiro;
Eu preciso fazer meus pais terem orgulho de mim;
Eu preciso ficar famoso;

Preciso ser melhor que o meu irmão;
Preciso mostrar ao meu marido que sou competente;
Preciso mostrar à minha família que sou melhor do que tudo mundo.

Alguns exemplos bons:
No que posso contribuir para a humanidade?
No que posso ser útil para as pessoas?
O que me fará crescer como ser humano?

Precisamos ter motivação no que queremos, mas para isso a proposta tem de fazer sentido para nós. Ao escolher não devemos ser influenciados por ninguém, e sim uma escolha de nossa própria alma, partindo de cada necessidade pessoal e espiritual. Para treinar sua motivação é interessante exercitar o motivo de desejar tal meta. Pergunte-se: O que essa meta irá me proporcionar? Se imagine no momento em que alcançou sua meta e em como você irá se sentir na concretização. Precisamos de uma estratégia para alcançar o que você deseja. O quanto vou me dedicar a esta meta? Preciso fazer algum curso extra? É uma meta atingível e real? Qual o tempo estimado para atingir meus objetivos?

Outras vantagens de escrever sua meta são:
  • Sua mente é um lugar confuso e cheio de informações desordenadas, no papel a meta fica clara e mais real;
  • Você concentra o seu foco e demonstra importância para seu inconsciente;
  • Você garante que não irá esquecer, pois poderá reler diversas vezes. Deixe em algum lugar visível para ler quantas vezes forem necessárias.
Após fazer a escolha do que nos motiva, partimos para a fase 2: disciplina e organização. Devemos criar um método de crescimento, e nada cresce no caos. Disciplina com horários, divisão do tempo para algum projeto e trabalhar nossos pensamentos substituindo “vícios” mentais como “não tenho tempo para nada” ou “não tenho senso de direção” por pensamentos como “o meu dia transcorre em paz porque minha vida transcorre organizada” ou “no meu trabalho tudo é funcional e organizado, porque sei disciplinar meus pensamentos e ações”, ou ainda “eu persevero em todos os sentidos e colho o meu melhor”.

Organize o tempo a fim de que ele seja seu parceiro e seja o suficiente para as obrigações, lazer e introspeção. Ambientes organizados fluem mais, assim como a organização de sentimentos, emoções e pensamentos.

Concentração é necessária para a ordem e o ritmo. Dedique-se, pois a dedicação é sinônimo de perseverança com amor. Silencie a mente e se concentre 100% no objetivo e disponha de um período, por menor que seja, para concentrar-se nele.
Visualize seu objetivo ”pronto” e concentre-se nessa imagem. Em minhas oficinas de controle da ansiedade ensino alguns métodos de concentração para alcançar um objetivo e que dão bons resultados.


Paciência: o tempo pode ser nosso maior aliado ou inimigo. A persistência é fundamental para atingirmos um objetivo!
Meu avô já falava que “a pressa é inimiga da perfeição”. Fazer com consciência e bem feito é fundamental para não precisarmos refazer o trabalho. Quando escolhemos metas associadas à nossa razão, mais o coração, conseguimos estar 100% no aqui e agora.
Eu sempre aconselho meus pacientes a terem um caderno de metas do ano, onde são divididas 9 sessões: Eu /Espiritual /Trabalho /Família /Lar /Relacionamentos pessoais /Filhos /Conhecimento /Social.
Não precisamos preencher todas as sessões com propostas, e sim aquelas que nos propusermos a levar 100% adiante.
Essas são algumas dicas úteis para este começo de ano.

Até nosso próximo encontro.
Namastê!
Texto Revisado

Publicado dia 29/1/2018
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 2



foto-autor
Autor: Suzy Reigado   
I- Rua Cerro Cora, 2367- Lapa- Tel: (11).3021-9140 whats- 11 9.8902-9112 Il- Chácara Sementes de Luz- Itaici- Indaiatuba-(011)9.9331-7441 Canal You Tube- suzy reigado
E-mail: suzyreigado@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa