Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Como lidar com a dor de não ser ouvida?

por Adriana Mantana

Publicado dia 24/2/2020 em Autoajuda

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


A maioria das mulheres falam mais do que os homens, isto é um fato comprovado, relatado inclusive no livro: Homens são de Marte, Mulheres são de Vênus , do autor e PhD em Psicologia John Gray.

Antes de iniciar neste tema, gostaria sinceramente que você não levasse nada para o lado pessoal. Meu intuito como sempre é de contribuir com você, para lhe impulsionar a fazer suas próprias reflexões sobre o tema.

Saiba que esta questão não é só sua, mas sim, de todas as mulheres que já tive contato direto e indireto, além de ser minha questão também. Portanto, trago a teoria, vivência e a prática sobre este assunto. Eu sei que dói e gera desconforto, mas, vamos lá, sente-se da melhor forma possível e me acompanhe na leitura.

O primeiro passo: compreender que a mulher normalmente sente necessidade de se comunicar com alguém quando não está bem emocionalmente.
O oposto é percebido nos homens, geralmente, eles se fecham e não querem ter contato com ninguém quando não estão bem, esta é a forma deles de buscarem a solução do problema (quando acontece isto, a mulher pode sentir que ele não a ama mais etc.).

As mulheres não estão em busca da solução do problema, elas simplesmente querem ser ouvidas. Sendo assim, quando ela se sente desamparada ou com alguma questão dolorosa desejam compartilhar isto com o parceiro, com o intuito de simplesmente falar. Ou seja, desabafar. A maioria dos homens reage a este tipo de situação de forma negativa e não muito amorosa.

Gostaria de ressaltar aqui que nem todas as mulheres agem assim, mas a maioria (biologicamente falando). Isto também depende do padrão de comportamento desta mulher (Ego) e também da forma que ela foi criada.

Independentemente de como você age, falando (a maioria) ou ficando calada (minoria), este texto é para você! Tenho esta proporção pela quantidade de mulheres que atendo em consultório, seja de forma presencial ou online.

Se esta questão a machuca é importante verificar para trabalhar na solução.

Segundo: identifique quais são as emoções que você sente quando é ignorada falando sozinha, enquanto o parceiro assiste televisão, fica no celular ou qualquer outra coisa, menos prestando atenção em você e principalmente no que você está dizendo.

Liste em um caderno seus estados emocionais e note que existe uma parte dentro de você que é a sua criança ferida. Ela está machucada, carente, triste e muitas vezes frustrada e decepcionada.

Já tentou falar várias vezes, no entanto, por não ter sido ouvida, ela começou adotar alguns comportamentos dentro de você.
· Ficou fechada e se tornou amarga;
· Ficou fria e em alguns casos deprimida;
· Se sente desemparada e desequilibrada muitas vezes;
· Dentre outros.

Saiba que esta criança é um dos aspectos de sua personalidade, quando você inicia um processo de terapia é ela que é tratada praticamente do início ao fim.

Terceiro: relembre como era tratada na infância; você era ouvida? Seus pais prestavam atenção em você? Como sua mãe a tratava? Ela a ouvia? E o seu pai? Como era a sua relação com eles?

Com estes três passos que fazem parte de sua história, você pode:

Ouvir a meditação de CENTRAMENTO E LIMPEZA (para te dar mais clareza e paz) que eu gravei no meu canal do YouTube. Para acessar CLIQUE AQUI
Aproveite e se inscreva vou amar te ver por lá também.

Caso queira conhecer a sequência de passos (com exercícios terapêuticos gravados em vídeo aula) para trabalhar e tratar a sua vida afetiva (Ser ouvida faz parte deste processo). Para adquirir basta clicar AQUI
Ou se de repente você escolhe agora fazer algo mais focado em sua realidade e em sua vida, pode entrar em contato através deste link AQUI e verificar a possibilidade de agendar uma sessão individual comigo.

Neste texto não consigo explanar tudo, portanto, basta clicar em um dos link’s acima, ou em todos eles se desejar algo ainda mais completo.

Cuide-se com amor.

Bibliografia: Homens são de Marte, Mulheres são de Vênus. John Gray; Muito além de Marte e Vênus: Segredos para um relacionamento duradouro. John Gray
Texto Revisado

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 18

Sobre o Autor: Adriana Mantana   
Bióloga, Terapeuta Integral, Consteladora, Renascedora, Terapeuta ThetaHealer®, Terapeuta de Barras de Access™, Floral de Bach, Radiestesista, Operadora de Mesa Quântica Radiônica, Cromoterapia, PNL, Mestre em Reiki Usui, Hooponopono, Cristaloterapeuta, Giver Deeksha, Terapeuta de Integração Quântica do Ser® e Ativista Quântica. CRTH 4103
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Cuide da sua energia
artigo O Invisível, visível, 2
artigo Quando as Estrelas Descem Para Dançar no Coração do Homem
artigo O poder do desinteresse

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.








horoscopo



auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa