auravide auravide

Viver em Oração



Para além dos problemas, dos questionamentos que nos fazem fervilhar a mente - a busca de uma saída, de uma explicação, o aparecimento de muitas formas de resolver a situação - existe um espaço na consciência, sem som e sem cor, muito tranquilo, que não se abala com toda essa convulsão existencial... Lá nos encontramos com o nosso nível espiritual, com Deus! A excitação mental torna um pouco difícil esse contato, mas se tivermos um desejo verdadeiro de que isso realmente aconteça, conseguiremos nos sentir lá! Que bálsamo, que bom! Percebemos uma presença tranquila e serena, que não está vindo de fora, mas está conosco, fazendo parte de nós. Profunda, visceral, inesquecível!

A imagem que me vem pra representar tudo isso é a de que, embora vivamos a maior parte do tempo nadando na superfície do mar, sujeito às chuvas, sol escaldante, ventos fracos ou fortes podemos - se quisermos - mergulhar, penetrando mais e mais profundamente... aquietando-nos, relaxando, entregando-nos, mansamente, mas deliberadamente. E o caminho é por si só liberador... já não nos agitamos ou sofremos com os porques, para ques, mas simplesmente Somos.

Este é um estado verdadeiro de oração. Não preciso falar, não preciso dizer o que desejo, quais as minhas angústias, questionamentos, sofrimentos, pois já não os sinto... Apenas Sou. E este nível de vibração me preenche, me cura, elimina minhas dores e me ilumina mais um pouco, deixando muito claro pra mim que de nada adianta eu me debater na superfície deste mar imenso. Preciso acreditar, finalmente, que sou parte deste mar e me integrando nele, aceitar o que me acontece, procurando me manter em contato com Deus, esta energia primordial, o maior tempo do meu viver... e tudo o que me acontecer, saberei resolver.

Esta certeza me vem deste contato interior. Nada é mais importante do que ele, acabo descobrindo... e me transfiro, a partir daí, o mais possível, da superfície para as águas profundas do meu próprio Ser. Não que a realidade não seja importante pra mim, não é isso. Apenas aprendo, cada vez mais, que com a pequena luz que tenho, muito pouco posso compreender e fico constantemente sem saber o que fazer. Quando me interiorizo saio da dor e do sofrimento, da culpa e do questionamento; Ele vem e me abraça, me preenche e me apazigua as emoções... percebo que tudo vai passar... que não adianta eu me desgastar... que confiando saberei o que fazer e, portanto, para que vivo a sofrer?

É esse um estado constante de oração. Viver neste mundo, sem ser dele, como nos ensinou o Cristo, há tanto tempo...

Texto revisado por Cris
Publicado dia 10/2/2006

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 161



foto-autor
Autor: Maria Cristina Tanajura   
Socióloga, terapeuta transpessoal.
E-mail: tinatanajura@terra.com.br | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa