auravide auravide

MERECEMOS OS LOUROS



Nossa constituição física, espiritual, psíquica ainda não nos permite tornarmos milagrosos a ponto de executarmos duas ações ao mesmo tempo, com o risco de sacrificar uma delas. Devemos ter consciência que só poderemos fazer uma coisa de cada vez.

Um médico não pode estar fazendo uma cirurgia e estar com a cabeça no mundo da lua, ou pensando em suas próximas férias. Tudo que fazemos, se queremos fazê-lo bem, exige concentração. Isso se aplica para qualquer setor de nossa vida.

Há vezes que poderemos por em risco a nossa família, por exemplo, numa estrada. Não podemos nem sequer distrairmos com qualquer que seja a cena.
O pensamento distrativo pode ser de muito risco para quem depende de nós. Numa análise geral, os pensamentos dispersivos nos incomoda, tira nossa concentração, principalmente se é negativo, como a maioria dos pensamentos dispersivos. Os pensamentos negativos como podemos imaginar, nos traz dificuldades para fazer com seriedade aquilo que almejamos. Que devemos fazer?

Talvez uma das mais eficazes maneiras de combatermos esse mal, é praticar a meditação. Na prática da meditação, nós damos a chance ao nosso sistema para pensar à vontade. No inicio, o praticante é traido por diversos pensamentos e a concentração torna-se muito dificil. Esses pensamentos, na maioria são vazios e no meio há pensamentos bons que, chegam de uma vez e tomam conta do pedaço. Essa é a oportunidade de dirigir todo o processo e assim selecionamos aquilo que queremos.

Costuma-se meditar acompanhado de uma música, que não necessariamente seja esotérica, mas uma música que nos pode trazer boas lembranças. Eu me satisfaço, com músicas dos anos 60, 70, 80 e me sinto muito bem com um ânimo diferente. Se por acaso, cair uma nostalgia, não tem importância. Pelo menos você não está pensando negativamente.

Dizem que o grande segredo do sucesso está na continuidade, constância ou persistência com uma certa constância.
Isso serve em qualquer setor de nossa vida. No esporte, nas diversões e outras atividades competitivas. E a insistência em praticarmos a meditação, certamente nos fará mestres ou mestras de nós mesmos.

É só colher os louros da glória! Desfrutando da vida, com alegria e felicidade, porque ela é relativamente curta nesse trajeto inicial. Mas quem sabe se nos espera, uma vida melhor na outra.

Ayrton.


Publicado dia 31/3/2009
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 3




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa