auravide auravide

O lado sombrio da falta de autoconfiança e as suas consequências

por Adriana Mantana

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


A falta de autoconfiança é relatada pela maioria de minhas clientes no consultório na primeira sessão. Na sequência, falam sobre a carência, baixa autoestima e insegurança.

Normalmente, elas não se dão conta, mas existe um ponto central, algo que aconteceu no passado, que foi o gatilho central para perpetuar todas estas sensações nocivas.

Uma situação, pessoa ou até um evento no passado.

Na imensa maioria das vezes, na infância, ou até mesmo no primeiro relacionamento na adolescência.

O fato é que depois do ocorrido, um caminho neuronal foi construído, e todas as vezes em que se toca neste ponto, a sensação de baixa autoestima, falta de confiança em si e a carência, emergem com um grande ímpeto.

O que causa extremo desconforto, pois são tomadas por atitudes que elas mesmas desaprovam depois.

Como por exemplo, agir por impulso e terminar uma relação. Ou brigar fortemente com algum ente querido. E, na sequência, após voltar ao estado normal de consciência, sente-se culpada e com vergonha de si.

Note que se trata de um ciclo vicioso, por conta de um trauma no passado que ficou registrado negativamente; este, quando ativado, faz a mulher se transformar complemente por um momento.

Jung nos fala em sua literatura sobre as sombras psicológicas e os complexos, ou seja, algo que ficou reprimido e não trabalhado, que está no inconsciente. No entanto, quando existe um contágio psíquico (quando algo acontece e ativa este ponto na psique), a pessoa é totalmente tomada e faz coisas que normalmente não faria.

Todo ser humano possui o lado luz (consciência) e o lado sombrio (inconsciência).

Existe o fator dual, ou seja, se algo estiver na consciência, a outra contraparte ficará no inconsciente.

Para ficar mais claro, uma pessoa vive a sua rotina (consciência), quando algo fora do seu dia a dia acontece, ela pode ser tomada (inconsciência) por uma falta de autoconfiança, se sentindo mal, carente e insegura.

É preciso reconhecer, elaborar e integrar a sombra psicológica, para que haja o equilíbrio.

A falta deste equilíbrio acarreta a ausência da confiança, insegurança, ansiedade, excesso de expectativa e carência.

Quando o movimento de integração da sombra é feito, a mulher se sente bem sendo ela e todas as suas relações apresentam melhoria.

Enquanto isto não for feito, ela não conseguirá ter serenidade para fluir na vida.

E como eu disse no início do texto, o trauma, bloqueio ou desconforto que gerou este caminho neuronal negativo, precisa ser sanado. Ao sanar isto através de um tratamento terapêutico, esta mulher conseguirá integrar as sombras e consequentemente ter melhores resultados em sua vida diária.

A ausência de amor-próprio não acontece por acaso, isto foi uma construção. E se foi construído, por ser descontruído.

Lembrando que primeiro é necessário passar por esta desconstrução, para que na sequência haja uma construção mais leve e feliz.

O lado sombrio não pode ser ignorado, pois se isto acontecer a pessoa pode ser tomada por algo indesejado de sua própria psique. Isto sem dúvida alguma é algo sério e que necessita de tratativa, para que a pessoa tenha mais qualidade de vida em conjunto com a sua família.

Se ligarmos a televisão em qualquer noticiário veremos que alguém foi tomado, por algo e cometeu algo extremamente nocivo. Na psicologia profunda, nós dizemos que a pessoa foi tomada por algum complexo e cometeu tal ato.

Isto não impede da pessoa arcar com todos os efeitos legais. O que digo aqui e que estou respaldada pela literatura Junguiana é que a pessoa foi acometida por algo que reprimiu durante muito tempo, não olhou para sombras psicológicas e tudo aquilo emergiu. Por isto inclusive disse que se trata de algo perigoso, olhar para si e se conhecer é fundamental para viver em paz na família e na sociedade.

Se você chegou até aqui na leitura quero te parabenizar e deixar alguns caminhos, caso queira trabalhar e integrar o seu lado sombrio.

Infelizmente não existe atalho para este tipo de procedimento. Ele precisa ser feito para que exista uma melhora de fato.

Eu gravei uma meditação no meu canal do YouTube de Meditação de Limpeza e Centramento. Esta meditação pode atuar em sua psique trazendo calma, serenidade e ancoragem para você no dia a dia. Sugiro que ouça para serenar a mente, caso queira ouvir CLIQUE AQUI aproveite e se inscreva no canal, será maravilhoso ver você por lá também.

Fiz um treinamento com 8 vídeo-aulas, com exercícios terapêuticos e um caminho com início, meio e fim sobre Cure a sua vida afetiva. Para ter acesso a este material CLIQUE AQUI O relacionamento afetivo possui muitas sombras psicológicas.

Agora se deseja ver a possibilidade de agendar uma sessão de terapia individual comigo CLIQUE AQUI

Grande abraço.

Instagram CLIQUE AQUI

Adriana Mantana

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 14

foto-autor
Sobre o Autor: Adriana Mantana   
Bióloga, Terapeuta Integral, Consteladora, Renascedora, Terapeuta ThetaHealer®, Terapeuta de Barras de Access™, Floral de Bach, Radiestesista, Operadora de Mesa Quântica Radiônica, Cromoterapia, PNL, Mestre em Reiki Usui, Hooponopono, Cristaloterapeuta, Giver Deeksha, Terapeuta de Integração Quântica do Ser® e Ativista Quântica. CRTH 4103
E-mail: adrianagcl@gmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.
Publicado dia 16/12/2020 em Autoajuda

Veja também
artigo Posicionamentos
artigo As Cartas de Cristo
artigo Quando eu te vejo, em espírito e verdade...
artigo Destilar Emoções

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa