auravide auravide

Quando eu me valorizo, eu sou valorizada



Valor é tudo aquilo que é importante. Onde há dispêndio de energia e de foco, para a manutenção dele, na vida de alguém. Em outras palavras, algo que requer atenção e respeito.
Autovalor é uma prática interna, em que se atribui valor a si, independentemente do que aconteça.

Todo ser humano tem em volta de si um campo eletromagnético, elétrico por conta das ondas vibratórias dos pensamentos, e magnético pela frequência de onda emanada do coração.

Avalie agora, a vida de uma pessoa, que tem alguns ressentimentos no coração, crenças limitantes e pensamentos negativos. Você pode imaginar qual o tipo de campo eletromagnético ela emana?

Autovalorização é não permitir que algo nocivo, esteja vibrando em seu campo emocional.

Por que o preço a ser pago é a desvalorização, que com certeza, é muito alto.

Se uma pessoa não se valoriza, invariavelmente, ela não será valorizada.

Pela física quântica, trata-se de algo comprovado e totalmente plausível.

Vejo inúmeras pessoas no início das sessões e/ou aulas que ministro, tentando, brigando e discutindo em suas relações, para ter a valorização do parceiro ou parceira.

Mas como expliquei acima, isto é praticamente impossível, pois o que existe dentro dela é o desvalor, e a falta de merecimento. Ou seja, se ela mesma não se valoriza, o outro também não a valorizará, por mais que ela fale, chore ou até mesmo grite.

Agora eu lhe pergunto, qual a possibilidade disso dar certo?

Acertou se você respondeu: Nenhuma.

O fato é que se a pessoa que não se valorizar, e não buscar ajuda para resolver esta baixa autoestima, vai desgastar a relação, o que poderá acarretar inclusive o término dela.

E a pessoa passará a ter dois problemas, a falta de autovalor e o sentimento de rejeição, pelo fim da relação.

Note que se trata de um looping extremamente nocivo.

Isto por que ainda não mencionei as fugas emocionais que uma pessoa que não se valoriza pode ter.

As fugas emocionais mais comuns no meu consultório são: compulsão por comida, por sexo, por bebida e por gastos.

Se a pessoa não resolver, isto com certeza vai estourar em alguma outra área de sua vida.

Imagine uma casa. Uma pessoa pega a vassoura, varre e quando chega na metade da casa, fica com preguiça e resolve pegar toda a sujeira e colocar debaixo do tapete. Inclusive o resto da comida do cachorro e do gato.

Dois meses depois, ela olha debaixo do tapete.

O que ela vai encontrar lá?

Exatamente, isto que imaginou.

Agora avalie a emoção e a mente de uma pessoa, que ignora os sintomas emocionais, de desvalor, baixa autoestima, insegurança, medo e ansiedade. Acrescente a isto, os boletos para pagar, as compras do supermercado, o trabalho, as crianças etc.. Acredito que já sabe o que quero dizer.

A pergunta que fica é: até quando uma pessoa, que vivendo nestas condições, suportará?

Eu lhe digo: Até ela se cansar e somatizar algo mais grave.

Infelizmente é exatamente isto que acontece.

A pessoa pensa que pode ignorar a emoção ou mente em desequilíbrio. Mas não tem jeito, a conta não fecha, e quem paga o preço infelizmente é ela.

A falta de valorização dos outros é só um sintoma de algo mal resolvido internamente.

Eu fico muito feliz e as minhas clientes ainda mais, quando iniciamos um trabalho terapêutico, ou até mesmo um curso, e ela aprende como se valorizar e se amar.

Já recebi relatos que o marido mudou de comportamento e a tratativa dentro de casa.

Mas uma coisa eu preciso lhe falar. Preste bastante atenção agora.

Toda mudança externa só acontece depois que a pessoa muda internamente.

Acredito que você já sabe disto.

No entanto, uma coisa é saber, outra completamente diferente é praticar. Afinal, é muito mais fácil obter qualquer tipo de conhecimento hoje dia, não é mesmo?!

Então, como ter uma mudança externa na prática?

Você precisará aprender como lidar com as suas questões internas, e desbloquear o que está literalmente freando a sua vida.

A boa notícia é que é possível.

Afinal, se minhas clientes e alunas conseguiram, acredite, você também pode.

O convite que tenho para lhe fazer é profundo, com começo, meio e fim.

A ideia é navegar nas águas profundas de sua psique, pois todos os bloqueios e traumas mais dolorosos, dormitam em seu inconsciente. E esperam ansiosamente pelo reconhecimento, aceitação e integração.

Ao fazer isto, uma força é liberada dentro de você e, consequentemente, você se amará e se valorizará muito mais.

Um mundo completamente novo se abre para as pessoas que decidem cuidar melhor de si mesma. Voltam a sonhar, sorrir, brincar e ter muito mais leveza na vida.

E tudo isto é possível, quando existe a integração das partes reprimidas, que estão enclausuradas em seu ser, durante anos.

É como se elas fossem a “sujeira” debaixo do tapete, que se alegram ao ver a luz do sol.

Como a prática da autovalorização e amor-próprio, tudo aquilo que você foi um dia, pode ser resgatado.

E você conseguirá ter aquela jovialidade, flexibilidade e brilho nos olhos de outrora.

Caso queira o meu acompanhamento direto, vou lhe mostrar alguns possíveis caminhos que você poderá ter acesso a mim e aos meus métodos terapêuticos.

Trabalho há bastante tempo no processo de integração do ser, que foi fragmentado pelas dores e dificuldades do dia a dia.

Mas antes disso, vou deixar aqui uma meditação que fiz no meu canal do YouTube, de Limpeza e Centramento. Esta meditação vai atuar em diferentes partes do seu corpo, proporcionando uma reconexão interna. Para acessar a meditação CLIQUE AQUI aproveite e se inscreva no canal, vou adorar te ver por lá também.

Gravei 40 lições em vídeo, com exercício terapêuticos, para a pessoa aprender como se valorizar, se amar e se respeitar. Trata-se de um desafio que se chama O DESAFIO DE SE AMAR. Nele você terá acesso alguns exercícios que utilizo nos meus atendimentos. E sabe o que é o melhor? Tem um começo, meio e fim. E o acesso é vitalício. Ou seja, você poderá fazer quantas vezes quiser. Caso queira adquirir CLIQUE AQUI já adianto que o valor não será uma objeção.

Agora se deseja iniciar um tratamento terapêutico, pode agendar uma sessão de terapia comigo CLIQUE AQUI

Cuide-se com amor!

Grande abraço.

Instagram CLIQUE AQUI

Adriana Mantana

Texto Revisado

Publicado dia 16/2/2021
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 13



foto-autor
Autor: Adriana Mantana   
Bióloga, Terapeuta Junguiana, Consteladora, Renascedora, Terapeuta de Integração Quântica do Ser®, Terapeuta ThetaHealer®, Terapeuta de Barras de Access™, Floral de Bach, Radiestesista, Operadora de Mesa Quântica Radiônica, Cromoterapia, PNL, Mestre em Reiki Usui, Cristaloterapeuta, Giver Deeksha, Ativista Quântica. CRTH - 4103
E-mail: adrianagcl@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa