auravide auravide

Ser Feliz ou Ter Razão?



Uma das melhores frases é a do poeta Ferreira Gullar: “Não quero ter razão, eu quero é ser feliz!” . Sou fã dele e essa frase é uma das melhores.

O poeta teve esse insight quando estava em casa sozinho depois de uma briga com sua mulher. Ele ficou na fossa e acabou ligando pra ela dizendo essa frase. Tudo ficou em paz.

Desde que nascemos somos incentivados a cravar a nossa marca pelo mundo. E ficamos experts em advogar em nome da nossa razão.

Mesmo que você saiba que a outra pessoa tem  parte de razão, ou você tem ciência de que ela se ralou em determinada situação contigo, você quer ter razão.

Mesmo que a cabeça quente de todos naquele momento estragou toda a situação…você quer ter a razão. E, de preferência, um pedido de desculpas.

Ou seja, mesmo que ter razão nos cause prejuízos, nós queremos ter razão.

E as pessoas que não dão o braço a torcer?

E aquelas que vivem uma falsa verdade?

Há as que mantêm o esteriótipo da família feliz para permanecer no modelo ou razão social  e não divorciar.

E as  pessoas que querem ter sempre a última palavra?

Essas normalmente finalizam a discussão com uma triste frase de impacto que depois ficam a imaginar qual o efeito da sua crueldade no outro.

 Você  deixou passar coisas, momentos, oportunidades e pessoas apenas por querer ter a razão?

Perdeu amigos por querer ter razão?

Perdeu relacionamentos para impor a sua superiorioridade e a sua razão?

Perdeu a sua paz para ter a sua ideia adotada?

Valeu a pena?

A boa notícia é que, não ter a razão, de vez em quando, é princípio fundamental para a felicidade. Todos concordam com o poeta. Unânime.

Não é verdade?

Não?

Lamento, porque eu tenho razão.

Linda Ostjen

Advogada divorcista Linda Ostjen

lindaostjen@gmail.com


Publicado dia 15/4/2021
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 50



foto-autor
Autor: Linda Ostjen   
Linda Ostjen, Advogada, licenciada em Letras pela PUC/RS, bacharel em Ciências Jurídicas pela Faculdade de Direito da PUCRS, especialização em Direito Civil pela UFRGS e Direito de Família e Sucessões pela Universidade Luterana (ULBRA/RS), Mestre em Direitos Fundamentais pela Universidade Luterana (ULBRA/RS). Juíza não togada na Comarca de Viamão.
E-mail: lindaostjen@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa