Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

O que me falta neste momento?

por Isha Judd

Publicado dia 14/10/2019 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Uma pessoa viciada pode ser consciente do dano que causa com seu hábito tanto a ele como a seus entes queridos. No entanto, segue escolhendo o mesmo comportamento destrutivo. Por quê? Por que de maneira inconsciente sente que não merece nada melhor e aí está o vício mais profundo: sofrimento e culpa. Uma carga emocional que é mais forte que o pensamento racional. Intelectualmente, pode lembrar sua responsabilidade e o mal que sente no dia seguinte, mas a necessidade de sofrer e autodestruir-se é tão forte que geralmente ganha.
Mas o amor-consciência é mais poderoso que nossas programações inconscientes. Ao elevar a vibração do amor, alimentando essa experiência, a luz de nossa consciência começa a brilhar e as sombras de nossas obsessões, medos e apegos começam a dissipar. Continuamos elevando nossa consciência pouco a pouco até que a vibração é mais forte que a programação e já  sentimos que não nos falta nada. Então a situação se inverte. O intelecto já não está no controle, transforma-se em um servidor da consciência, uma ferramenta que o amor-consciência pode utilizar para interagir com o mundo.

Quando perceber que está obcecado com um desejo, algo pelo qual se sinta incompleto, pare um momento. Feche seus olhos e leve sua atenção para dentro.
Pergunte a você mesmo: O que me falta neste momento?
Leve sua consciência totalmente ao presente, experimentando este momento e as sensações que aparecem, com toda sua  intensidade.
Veja mais profundo, por debaixo dos pensamentos e das sensações.. O que há aí?
É possível que em princípio não sinta nada, mas à medida que você vai se acostumando a levar a consciência mais além do nível superficial da percepção descobrirá a plenitude do ser que está sempre presente, sempre pleno.

A experiência do amor-consciência é tão profunda e satisfatória que logo nos tornamos viciados a isso, porque percebemos que é a única que pode nos completar. Este é o melhor vício que podemos ter, porque vai conosco aonde formos e nunca termina.
Não há nada mal com o desejo, o truque está em desejar sem se apegar. O que de verdade importa é estar presente e ter a disposição para soltar o apego de como as coisas deveriam ser.
Se você focar em ser ao invés de ter, em experimentar este momento ao máximo ao invés de focar no objeto de seu desejo, verá que tudo vem até você.
O mundo em que vivemos existe para que nós o amemos. Está desenhado para que possamos vivê-lo ao máximo, em nossa própria expressão única e perfeita.
Celebremos a vida, explorando nosso sonhos e aspirações, criando um espaço de estabilidade e aceitação de nós mesmos, do qual possamos ver a magia da existência desenvolvendo-se.

Próximos eventos com Isha em 2020:

Janeiro 7-14 e 23-30
Fevereiro 3-10 e 17-24


Texto Revisado

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 7

Sobre o Autor: Isha Judd   
Isha é mestra espiritual reconhecida internacionalmente como embaixadora da paz. Criou um Sistema para a expansão da consciência que permite a auto-cura do corpo, da mente e das emoções. Site oficial www.ishajudd.com
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Cuide da sua energia
artigo O Invisível, visível, 2
artigo Quando as Estrelas Descem Para Dançar no Coração do Homem
artigo O poder do desinteresse

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.








horoscopo



auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa