auravide auravide

PROCURANDO O VERDADEIRO



Nada do que eu penso,
É verdadeiro.
Nada do que eu vejo,
Escuto ou falo
É verdadeiro.
Nada neste mundo
É verdadeiro.
Meu existir não
É verdadeiro.
Meu beijo, que a profana,
Invadindo sua intimidade,
Nunca foi verdadeiro.
Meu sonho realizado,
Com dor e sofrimento,
Acredito, não foi verdadeiro.
Meu amor prometido,
Farsa do meu coração,
Perdeu-se na emoção,
Por não ser verdadeiro.
Este poema inacabado
Deixa de ser verdadeiro
Quando for lido por você.
Simplesmente porque
Nada em você foi, é ou
Será eternamente
VERDADEIRO.

Texto revisado por Cris
Publicado dia 24/2/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 5




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa