auravide auravide

A arte de ser feliz



Por que eu vivo procurando um motivo de viver...
Se a vida às vezes parece de mim se esquecer?
Procuro em todas, mas todas não são você.
Eu quero apenas viver...

Se não for por mim que seja pra você.
Mas as vezes você parece me ignorar...
Sem ao menos me olhar...
Me machucando prá valer.

Atrás dos meus sonhos eu vou correr...
Eu vou me achar, pra mais tarde em você me perder...
Se a vida dá presente pra cada um... o meu cadê?
Será que este mundo tem jeito?
Esse mundo cheio de preconceito?

Quando estou são... penso na solidão
Junto pedaços de mim que caem ao chão...
Juro que às vezes nem ao menos sei quem sou...
Talvez eu seja um tolo,
que acredita em sonho...

Na procura de te esquecer
Eu fiz brotar uma flor
Pra carregar junto ao peito
E crer que este mundo ainda tem jeito...
E como príncipe sonhador
Sou um tolo... que acredita ainda no AMOR.

Luz a todos...

Alexandre Lemos, 28 anos com idade mental de 15 anos. Aluno da APAE.

Texto revisado por: Cris
Publicado dia 20/7/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 3




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa