Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
Home > Autoconhecimento
A cura do coração

A cura do coração

por ANA PAULA DE JESUS

A necessidade de curar o coração acontece a todos em algum(ns) momento (s) da vida. O que fazer quando estiver diante desse(s) momento (s)? Se você está a viver isso a solução é uma só: deixar-se curar. A resposta pode parecer muito simples, porém, requer grande esforço para sua implementação.

O que é deixar-se curar? É primeiro reconhecer que há uma dor, não negar a existência dela. Depois, acolher essa dor e convidá-la a entrar em contato consigo, no mais profundo de seu ser. Conversar com ela, ficar sua amiga e perguntar: “Ei, dor, o que quer comigo? O que veio me ensinar?”

Abrir os sentidos para ouvir a resposta é fundamental para iniciar esse processo de cura do coração. Os motivos da dor podem ser inúmeros, cada um saberá o seu, mas o que gostaria de transmitir aqui e pedir a reflexão do leitor é: não ignore sua dor, não lute contra ela, antes, veja o que ela tem a ensinar.

Estamos acostumados a olhar as coisas de maneira negativa. A dor não possui somente o seu lado difícil, há também um crescimento e mudança de status quo que pode ser muito bem aproveitado se não estivermos a brigar com aquilo que nos apresenta a vida nos momentos de crises.

Portanto, o processo de cura inicia quando reconhecemos a existência da dor, depois, a acolhemos e em seguida decidimos dar ouvidos ao que ela quer nos dizer, aquilo que ela nos veio ensinar. Tão logo conseguimos dar esses passos, mais rápido será a passagem de um processo ao outro: da dor à cura.

Tomar consciência desse processo possibilita apreciá-lo enquanto o caminho é percorrido. Enquanto tudo isso acontece sem o nosso despertar para tal situação, pouco é possível progredirmos em direção à cura.

Entretanto, uma vez que os olhos estiverem abertos para verem o que tudo isso nos quer ensinar, poderemos passar para o momento seguinte, que estará a levar até a cicatrização dessas dores.

Assim, o alerta de hoje é: apreciar o percurso que leva até a cura, não brigar com a dor e encarar o que ela quiser nos dizer. Olhar para o processo de uma maneira consciente irá trazer o necessário para o aprendizado do momento e isso culminará com a finalização de ciclos que podem estar se repetindo em dores recorrentes em sua vida.

Por isso, preste atenção nas dores do coração que se repetem sucessivamente em sua vida. Normalmente, elas querem ensinar algo que não foi aprendido na lição anterior. Tendemos a ignorar esses sinais, mas, a parir do momento que tomamos consciência de sua existência e deixamos de ser passivos no processo, as coisas caminham para uma solução.

Isso irá depender necessariamente da nossa atuação: será mais rápido ou mais lento de acordo com os ensinamentos que conseguimos absorver em cada fase.

Desejo que o caminho seja apreciado por você e que a cura de seu coração possa ser alcançada a medida que evoluir em sua direção.

Namastê!

Texto Revisado
Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp



Autor: ANA PAULA DE JESUS   
Escritora e Poeta, Advogada, Psicóloga, Mediadora e A.T. (acompanhante terapêutica). 
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação: 5 | Votos: 2
Atualizado em 05/10/2019

Veja também
Unindo inspiração e música, além, muito além...
O que fazer quando a ansiedade se torna um transtorno?
Para onde seu piloto automático está te levando?
Que toda paixão se converta em amor

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.






Energia do Dia
57 - SUN - A SUAVIDADE
Quando o julgamento é lúcido, as dúvidas desaparecem. O sucesso está no esforço constante numa única direção.
Consulte o I-ching


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa