auravide auravide

A doença de deus



“Estou disposto a fazer tudo para ver o meu pai melhor e, se possível, curado. Quero vê-lo feliz de novo”.

Essa é uma frase que qualquer filho de bom senso diria para um amigo sobre o seu pai doente. Mas, agora, quem está doente é o nosso Pai: Deus! E Ele precisa da nossa ajuda.

Estão surpresos? Então, vamos fazer um diagnóstico.

Deus está em cada um de nós e podemos dizer que cada um de nós somos células dele. Se não estamos bem, Deus também não está. Em tudo e em todos Ele está presente. No ar que respiramos, no alimento que comemos... Enfim, Deus é uma energia que está em contato simultâneo com todos os seres, toda a natureza e em toda nossa galáxia.

Agora, as perguntas: A Terra vai bem? Os seres humanos, como um todo, estão bem? Já conseguiu dominar seus pensamentos como Buda? Já ama ao próximo como a si mesmo, como Jesus pediu? Pratica o caráter de Confúcio? Tem a paciência de Gandhi? A fraternidade de Madre Thereza? O carisma do Papa João Paulo II? A humildade de Dalai Lama?

Todos esses e muitos outros filhos de Deus, nossos irmãos, que estão na Terra ou fizeram aqui sua passagem, tornaram-se células de defesa de Deus e combateram ou combatem as células doentes. E você? O que está fazendo para a cura do seu Pai, o nosso Deus? Não adianta dizer que o ama. Tem que fazer alguma coisa para tornar-se uma célula de combate para a recuperação do nosso Pai. Só a palavra não vai curá-lo. É preciso mais, muito mais. Temos que nos transformar em células curadoras como fizeram tantos irmãos que aqui passaram e deixaram grandes exemplos de células de defesa contra as células doentes. Começe a trabalhar na cura, no combate às células doentes. Mas parece que não acreditamos na doença de Deus.

Qual é o pai que não se sente mal por ver os filhos acamados, doentes, sofrendo? Assim está a Terra, assim está a Humanidade, assim estão vários espíritos e assim está o espaço onde há vários satélites desativados. Mais um lixo humano, mais um tipo de poluição do homem, além do mar, da terra e do ar. Por todos os lados existe um ponto doente em Deus causado pelo homem.

A verdade é que Deus está esperando uma atitude dos seus filhos para se recuperar.

Não podemos afirmar que o nosso Deus seja o único de todas as galáxias. Nosso conhecimento ainda não chegou nesse estágio. O que sabemos é que as galáxias ainda são um mistério para nós. Podemos imaginar que as galáxias têm um tipo de energia diferenciada da nossa? Acredito que sim, e a ciência poderá comprovar nas galáxias descobertas, até o momento.

Então, se Deus é uma energia, pode ser que o Deus da nossa galáxia seja seja diferente do das outras. O oculto é um estudo de várias perguntas e poucas respostas, e não podemos fazer dessas respostas uma certeza. Cada pergunta terá sua resposta na hora certa. Tornamo-nos células doentes de Deus. Vamos concentrar na nossa galáxia a nossa energia, que é o mais puro amor.

Como todo mundo sabe, o amor é poderoso, porém, deixa-nos frágeis pelo próprio sentimento. O amor é uma energia que passa de coração para coração estando em todos os lugares. Écapaz de solucionar todos os problemas dentro dessa linda luz de energia e vibração, fazendo acontecer vários milagres ao mesmo tempo, em diversos lugares. As oportunidades também são energias transformadas em idéias distribuídas para diversas pessoas ao mesmo tempo dando, a todas, a oportunidade que merecem. Mas cada um tem que fazer a sua parte para a realização de seus sonhos. Está tudo registrado. O que fazemos aqui e no mundo espiritual, no mundo dos desejos, faz parte da nossa história, por isso, a nossa cura só cabe a nós mesmos.

Mesmo sabendo que o ser humano está se destruindo e destruindo a Terra e, quem sabe, destruindo seu próprio espírito, o Deus da nossa galáxia, esse Pai que recebe milhares de pedidos ao mesmo tempo, em segundos, está pedindo nossa ajuda para curá-lo. Nós, células de Deus, devemos abandonar os apegos e continuar nossa trajetória de vibrações de amor e transformação para um mundo melhor para todos. Só que, para isso, temos que nos curar. Temos que transformar nosso interior em algo melhor, em células poderosas de amor para podermos ajudar o nosso Deus na sua recuperação.

Mais de um terço da população está abaixo da linha de pobreza. Segundo os cientistas, a Terra está muito doente e eles afirmam que essa doença não tem cura. O que podemos fazer é adiar o mal maior. Eu acredito em milagres e acho que o homem ainda vai evoluir em amor pela vida, pela sua escola “Terra” e vai achar a cura para si e para Deus.

Não podemos esquecer que esses cientistas calculam que mais de um bilhão de pessoas deve desaparecer do planeta, e os mais atingidos serão os pobres. Só que os pobres de hoje podem ser os ricos de amanhã e os ricos de hoje, os pobres do futuro. Isso depende das ações de cada um. A lei da causa e efeito. Pense nisso e procure uma vida melhor para você. Se desejar em primeiro lugar a felicidade do próximo, encontrará a sua e abrirá caminho para a cura do planeta.

Diante desse diagnóstico e outros que cada um pode fazer em particular, ouvindo seu coração, acredito que estamos diante de um Deus adoentado. Claro que não é nada muito grave diante da grandeza do seu amor e com certeza, Ele ainda tem muita energia para realizar muitos milagres e fazer valer seu amor à sua criação. Mas, está ferido com nossas atitudes aqui na Terra, como também no mundo dos espíritos, onde esses espíritos não conseguem se desapegar dos vícios da matéria e continuam sofrendo. Isso reflete muito na nossa vida terrena. Não podemos alimentar esses espíritos de pensamentos ruins. Altas doses de bebidas alcoólicas, drogas e paixões desenfreadas são um banquete para o apego à matéria, deixando-os presos às nossas mesas em vez de seguirem seu caminho rumo ao aprendizado e à purificação espiritual.

Agora chegou a hora da nossa retribuição. Temos que realizar o milagre de curar o nosso Deus, antes que seja tarde e que nossas doenças cresçam, tornando o nosso Pai sem forças para nos ajudar na recuperação de toda a sua criação.

Nós estamos doentes, o mundo está doente, o nosso Deus está doente, mas milagres existem para serem realizados. Só depende de nós e do nosso amor pelo Pai, nosso Deus.

Sinta seu coração, preste atenção a tudo ao seu redor. Olhe sua vida e veja quem você é. Esteja sempre presente, de todo coração. Procure o significado do amor, da gratidão, do respeito, da valorização do ser. Seja verdadeiramente autêntico, deixando suas intuições completamente livres, abertas aos resultados. A abertura e o desapego vão ajudá-lo a ver a essência do seu espírito. Ouça o silêncio e cure sua alma. Sinta amor por si mesmo e deixe esse amor se expandir por todo o Universo. Comece a salvar cada árvore, cada animal e cada ser humano, aspirando sua dor, seu sofrimento. Lmpe o seu coração, filtre e solte todo o ar, desejando saúde, amor, alegria e paz.

BNN

Texto revisado
Publicado dia 13/4/2007
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 230



foto-autor
Autor: Bernardino Nilton Nascimento   
"Não seja um investigador de defeitos, seja um descobridor de virtudes"./ "Quando a ansiedade assume a frente, as soluções vão para o final da fila"./ "Quando os ventos do Universo resolve soprar a favor, até os erros dão certo". BNN
E-mail: bernardinogga@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa