auravide auravide

A IMAGINAÇÃO E A CURA

por Sonia Regina Marquette CRT 43690

Publicado dia 21/2/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


O que é a imaginação? É o processo de pensamento que invoca e usa os sentidos: visão, audição, paladar, olfato, tato e movimentos. É o mecanismo de comunicação entre percepção, emoção e mudança corporal. Importante causa tanto da saúde quanto da doença, a imaginação é a maior e mais antiga fonte de cura do mundo.

No mundo inteiro, administram-se aos pacientes placebos que freqüentemente reduzem a dor, náusea, ansiedade e até mesmo células tumorais. Não foi apenas a atitude dessas pessoas que mudou a sua bioquímica, elas também passaram por transformação. Essas pessoas doentes com o uso dos placebos recebem a cura por terem o poder de sugestão atuando sobre elas, pois precisam e querem ficar boas.

As experiências mentais, maldições, visitas a santuários religiosos ou a médicos, e a reação dos placebos, é que todos eles servem para alterar as imagens ou a expectativa das pessoas sobre a sua saúde. E dessa forma a imaginação causa uma profunda mudança fisiológica.

O corpo não tem segredos: nunca mente. O estudo da imaginação como curadora tem um impacto positivo sobre a saúde, as imagens comunicam-se com tecidos e órgãos, e até células, para promover uma mudança. A comunicação pode ser deliberada ou não.

Outro tipo de cura pela imaginação é transpessoal e pressupõe que a informação pode ser transmitida da consciência de uma pessoa ao físico de outra. Levando em consideração que se busca conhecer um dos grandes enigmas da natureza, desvendar as dimensões da imaginação requer múltiplos caminhos, alguns até um pouco esquesitos, outros encantadores. O importante é criar imagens vívidas e induzir estados de consciência que conduzem à autocura e o envolvimento comunitário na cura também devem ser levados em consideração.

O espírito é o nosso mestre, a imaginação o instrumento e o corpo o material. O poder da imaginação é um grande fator na medicina. Pode causar doenças e pode curá-las. O homem é uma oficina de trabalho visível e invisível. A visível é o corpo; a invisível é a imaginação(a mente). A imaginação é o sol na alma do homem...

“Eu não sei o que você aprendeu nos livros, mas a coisa mais importante que aprendi com meus avós foi que há uma parte da mente que não conhecemos realmente, e que essa parte é da maior impotância na doença e na saúde”.
Thomas Costeletas Grandes, curador navajo, 100 anos

Texto revisado por: Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 37

foto-autor
Autor: Sonia Regina Marquette CRT 43690   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Não se trata do que eu devo nem do que eu quero...
artigo Infeliz
artigo O sagrado
artigo Tenha uma vida afetiva abundante

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa