Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

A inevitável transformação

por Rodrigo Durante

Publicado dia 15/5/2020 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Todos nós no reino da natureza, humanos, animais, vegetais e minerais, somos seres mutidimensionais. Isso significa que nosso ser manifesta-se em dimensões das mais densas às mais sutis, compreendendo um espectro vibracional tão grandioso que nem nossa ciência é ainda capaz de identificar.

Tudo na Terra, inclusive o próprio planeta, tem consciência, tudo está vivo e obedece a algumas leis. Acompanhando o amadurecimento de nossa consciência, algumas transformações no plano físico ocorrem também. Como seres humanos encarnados, temos muitas semelhanças de funcionamento com outros seres que se manifestam fisicamente, como os animais, por exemplo. E assim como eles, trilhamos certos caminhos e passamos por diferentes etapas em nosso crescimento.

Uma característica que está presente em todos os reinos, é o crescimento e transformação. Nada permanece para sempre de jeito que está, tudo se transforma. No reino animal, notamos alguns seres que trocam a pele. Outros trocam seu exoesqueleto. Alguns arrancam suas próprias penas e quebram seu próprio bico para dar lugar ao novo. Outros constroem para si um casulo e saem de lá com asas, transformando completamente suas realidades e maneira de viver.

Assim como eles, o ser humano passa por mudanças também. Em nosso crescimento, nossa consciência começa a se desenvolver no físico, aprendendo sobre as sensações e necessidades do corpo. Seguimos pelo emocional, aprendendo sobre as trocas e experiências entre o nosso interior e o mundo exterior. Depois pelo mental, onde criamos histórias e explicações que dão sentido ao que conhecemos.

No mental, desenvolvemos maneiras de lidar com nós mesmos e com o mundo ao nosso redor. Criamos necessidades, metas, caminhos que acreditamos que todos devem seguir. Através da mente e das histórias que ela cria e acredita, moldamos o nosso mundo! Tudo, no entanto, baseado em referenciais emocionais e nas relações que aprendemos nas etapas anteriores a esta.

O próximo passo em nosso crescimento, por sua vez, muda completamente nossa postura perante a vida e, por esta razão, requer a atitude mais ousada que um ser humano pode ter: a Fé. Neste momento, dizemos que estamos fazendo a passagem do ego ao coração, de uma vida baseada no personagem que acreditamos que somos com todas nossas crenças, medos, vazios e exigências, para uma vida plena e naturalmente pacífica e feliz, centrada em nosso ser.

Com o livre arbítrio, somos livres para escolher nossos caminhos e como enfrentaremos esta transição, se iremos resistir ou cooperar com ela. Podemos escolher até mesmo as explicações que daremos a tudo isso para saciar as exigências da nossa mente. Na verdade, esta transformação vai acontecer de qualquer maneira, mas com confiança e entrega tudo pode ser mais rápido e fácil.

De uma maneira prática, cada etapa da transformação que passamos em nossa consciência muda nossa perspectiva de quem somos e de como nossas relações podem ser, assim como do que podemos criar a cada nova maneira de ser e compreender. Agora, passamos pelo momento mais difícil, quando temos que deixar ir tudo aquilo que não nos serve mais para darmos espaço ao novo, ao que para nossa mente ainda é desconhecido.

É o momento em que entramos em contato profundo com nosso mundo interior e permitimos uma reforma em nossa estrutura emocional, nas nossas mentalidades, comportamentos e percepções que temos de nós mesmos, dos outros, da vida e do mundo. Neste período, as situações que a vida nos traz ativam memórias e programações que precisam ser reconhecidas, liberadas e ressignificadas para que possamos passar para a próxima etapa de nossa existência na dimensão material.

A cada momento, estamos mais expostos à Luz, permitindo que nossa sombra se revele e a transformação aconteça. A cada momento, o Amor das dimensões superiores do nosso ser se aproxime, acolhendo e integrando nossos antigos aspectos de personalidade em desequilíbrio e limitação. No lugar das nossas reações e escolhas baseadas em nossas emoções negativas, feridas e sofrimentos do passado, abrimos nosso coração para novas possibilidades de ser.

Em Paz e Amor,
Rodrigo Durante.


Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 2

Sobre o Autor: Rodrigo Durante   
Aprendendo a ser feliz e compartilhando tudo o que me faz bem! Atendimentos e workshops.
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Cuide da sua energia
artigo O Invisível, visível, 2
artigo Quando as Estrelas Descem Para Dançar no Coração do Homem
artigo O poder do desinteresse

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.








horoscopo



auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa