auravide auravide

A medicina do beija-flor


Facebook   E-mail   Whatsapp

O Símbolo do Beija-Flor

O beija-flor, também chamado de colibri, é um daqueles raros animais que é impossível ser indiferente à sua visita. Ele não passa desapercebido e é extremamente comum as pessoas entrarem em silêncio com sua chegada e atentas observarem sua presença, provocando quase sempre reações de admiração. Em algumas culturas ele é considerado a presença da divindade. O beija-flor é um animal delicado, em sua pequenez se faz enorme e é o único animal capaz de voar nas quatro direções e parar no ar em pleno voo, é a única ave que não aceita ser engaiolada pois, se for, morrerá tentando sair da prisão imposta. Esse ‘pequeno’ animal é caçador de néctar. Todas essas características nos trazem as mensagens sutis que esse símbolo carrega.

Se um beija-flor visitou sua vivência espiritual, ou voou em seu sonho ou ainda, de forma ‘inesperada’ apareceu ‘do nada’ em seu dia a dia, sorria: ele é um presente do Grande Espírito, ofertado por puro amor à Natureza, em sua majestosa grandeza, é um mensageiro enviado aqueles cujo coração se fechou em função de sofrimentos, que se sentem desanimados e sem força. Ele traz a mensagem da alegria e nos fala sobre a possibilidade de encontrar uma maneira de nos sentirmos renovados e felizes pelo simples fato de estarmos vivos. Através da astúcia, inteligência e graça e não só da força física, o beija-flor nos mostra uma maneira para embarcar em uma nova jornada.

Aqueles que receberam a graça do beija-flor, e possuem o raro dom de ouvir a linguagem da vida que se oculta em seus mistérios, podem vir a descobrir que ao beija-flor é atribuído poderes mágicos de despertar o amor e abrir corações. Por isso sua mensagem nos fala sobre a abertura do cardíaco a todo aquele que se fechou emocionalmente. A bem-aventurança só é possível se o coração estiver aberto e purificado.

Aqueles que aprendem a voar como o beija-flor são pessoas sonhadoras, visionárias, sensíveis em sua natureza mais profunda, gostam de viajar, amam a vida, são alegres e espalham alegria por onde passam. São pessoas que trilham a estrada da felicidade, buscam e querem estar junto a beleza e harmonia.

Esse símbolo nos ensina a desfrutar da beleza e as dádivas que se apresentam em nosso caminho. Nos fala sobre a mudança de percepção da realidade a partir da alegria e do encantamento. Assim, se o beija-flor zumbiu forte em sua vida, vá, voe em seu sonho de cura, renove sua alma, desperte seu curador interior e comece a espalhar o perfume de rosas em todos os lugares que passar. Permita que o beija-flor faça morada em seu coração e faça dele seu ninho; aprenda a desfrutar o néctar da vida, a doçura do mel, os encantos do amor, exalando perfume de rosas e uma brisa suave e tranquila que abençoa seu espirito e o conecta com seu verdadeiro Ser.

Observe a leveza do beija-flor e compreenda que, quando pesado com preocupações, nosso espirito não pode subir e se elevar. O beija-flor aprofunda ainda mais essa mensagem quando aprendemos a observar suas penas iridescentes do arco-íris.

A pessoa que foi escolhida pelo beija-flor é geralmente uma pessoa com grande senso de liberdade, seu aprisionamento ou restrição em qualquer aspecto da vida pode causar grande depressão e sentimentos de inutilidade. Geralmente é uma pessoa que gosta de trabalhar com flores e florais, e é uma pessoa com grande energia. Por certo é uma pessoa que busca incessantemente o contato com sua energia interior, com a sua magia, buscando também a contemplação e a unicidade com o meio-ambiente.

O colibri tem a capacidade de dar a claridade para o enfrentamento dos obstáculos da vida com serenidade e auto aceitação. Ensina sobre a suavidade de viver, a contemplação de tudo o que há, todas as pessoas, a humanidade e impele a busca pelo estado de graça universal.

Se você teve o merecimento de ter o beija-flor como animal de poder, saiba que possui uma proteção espiritual MUITO forte, pois ele atua como arquétipo do amor e quando capta energia e fluidos, os mesmos possuem altíssima frequência vibratória. Quando a pessoa voa com o beija-flor ela se une a Egrégora do amor incondicional, que sustenta todo o universo, manifesto ou não. Se o beija-flor tem voado em sua vida, prepare-se para rir musicalmente e apreciar muitos presentes do Criador. Esse poderoso aliado nos fala também sobre o renascimento, a suavidade, a alegria, o entusiasmo, a graça e a delicadeza.

Para encerrar essa reflexão, compartilho uma história, como aquelas contadas em noite enluarada em meio a fumaça de pai tabaco:

Contam os antigos que numa imensa floresta viviam milhares de animais que desfrutavam daquele lugar maravilhoso quando uma enorme coluna de fumaça foi avistada ao longe e, em pouco tempo, embaladas pelo vento, as chamas já eram visíveis pelas copas das árvores. Os animais para se salvarem do incêndio começaram a correr, fugindo… Eis que, naquele momento, uma cena muito estranha acontecia. Um beija-flor voava da cachoeira ao fogo, levando gotas d’água em seu pequeno bico, tentando amenizar o grande incêndio. O elefante, admirado com tamanha coragem, aproximou-se e perguntou-lhe:

– Seu beija-flor, o senhor está ficando louco? Não está vendo que não vai conseguir apagar esse incêndio com gotinhas d’água? Fuja enquanto é tempo! Não percebe o perigo que está correndo? Se retardar a sua fuga talvez não haja mais tempo de salvar a si próprio! O que você está fazendo de tão importante?

E o beija-flor respondeu:

– Sei que apagar este incêndio não é apenas problema só meu, senhor elefante. Eu apenas estou fazendo a minha parte! Preciso deste lugar para viver e estou dando a minha contribuição para salvá-lo!  O senhor elefante tem razão quando diz que há mesmo um grande perigo em meio às chamas, mas acredito que se eu conseguir levar um pouco de água em cada voo que fizer da cachoeira até o fogo, estarei fazendo o melhor que posso para evitar que nossa floresta seja destruída. Em menos de um segundo o enorme animal marchou rapidamente atrás do beija-flor e, com sua vigorosa capacidade, acrescentou centenas de litros d’água às pequenas gotinhas que ele lançava sobre as chamas. Notando o esforço dos dois, em meio ao vapor que subia dentre alguns troncos carbonizados, outros animais lançaram-se para a cachoeira formando um imenso exército de combate ao fogo.

E venceram o incêndio.

Baseado em texto de Willian Tello

Marisa Petcov

Bruxa. Sacerdotisa. Mestra em diversos sistemas de cura

Contadora de histórias

Contatos

WhatsApp: 11 99212 81 69

Instagram: @marisapetcov

Youtube: A bruxa que conta

https://www.youtube.com/channel/UC0f54NdhVoM504Jadrz29hw


TikTok: [email protected]


Telegram: t.me/abruxaqueconta1

Texto Revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 41


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Marisa Petcov   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Autoconhecimento clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa