auravide auravide

A memória na xícara de café

por Wilson Francisco

Publicado dia 10/4/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


A gente simples da aldeia, com suas casinhas, toda a cidade, seus arredores, jardins, um universo de memórias doces e importantes da vida vão tomando forma e ganhando vida à minha frente, nascidas do cheiro que atravessa o ar vindo de uma singela xícara de café.

Olhando pela janela dá para se perceber a presença calma e profunda do Seo Cândido, com seu cachimbo perfumado contando “causos” e histórias que se confundem no meu universo emocional, trazendo-me a lembrança de toda uma vida.

Um dos maiores escritores do século 19, o francês Marcel Proust descreve com maestria o que ocorre no cérebro a partir de um cheiro ou de um sabor. Uma pequena madeleine (bolinho fofo de baunilha, servido com chá) é capaz de detonar uma profusão de sentimentos e imagens vindas do passado (Revista Vida Simples – Liane Alves).

O cérebro humano faz a classificação dos cheiros no sistema límbico que é o responsável pela memória e emoções.

David Crow tem um projeto ambicioso e extraordinário já implantado nos EUA e que está trazendo para o Brasil. Ele o denomina "imunidade comunitária", baseado na medicina preventiva e social. Ele pretende implantar a utilização de difusores de óleos essenciais em ambientes amplos, como escolas e hospitais.

Sabe-se que essências aromáticas podem melhorar a qualidade do ar, eliminando germes e, em nível energético, miasmas, formas-pensamentos. Eu utilizo sempre, antes e depois de qualquer atendimento que realizo na clínica, alfazema em spray. Com esse procedimento deixo o ambiente da sala pronto para que a pessoa fique bem higienizada e imunizada nos processos. E aplicando-o no final do encontro, elimino toda possível contaminação que possa ter permanecido, protegendo-me de qualquer infiltração energética.

Sobre isso, eu mesmo tive oportunidade de ver um ótimo resultado. Conceição Trucom, nossa colega neste site, deu uma contribuição eficaz para com o comportamento de um neto meu, elaborando um aroma que ela depositava numa espécie de gargantilha, o que possibilitava a ele ficar inspirando aquele aroma dia e noite. O efeito foi importante, afetando positivamente em suas atitudes.

Outras essências muito importantes são o alecrim e a lavanda que podem auxiliar no desenvolvimento da concentração das crianças.

Então, fico imaginando como será saudável num hospital, ou pronto socorro, um aparelho irradiando aromas que os doentes vão aspirando, enquanto aguardam o seu atendimento. Mais interessante ainda se houvesse em cada instituição hospitalar um grupo de pessoas envolvendo as pessoas todas com o perfume de suas orações, mantras e tudo o mais que cada criatura possui em sua alma.

Devaneio de um andarilho do Universo? Não, mas, sim, a proposta/sonho de um investigador psíquico que acredita nas possibilidades evolutivas do ser divino que habita o corpo humano, no Planeta Azul, a Terra. Acredito nisso, principalmente depois que um Espírito, oriundo de uma outra região planetária me sugeriu que fosse elaborado um floral e que este floral fosse transmitido a uma pessoa através do sopro. O paciente reside na Espanha e o resultado foi favorável.

Sabe, também podemos e devemos ser um pouco visionários nessa Terra. Sonhar e sonhar. E é através dos meus sonhos que observo, encantado, a possibilidade de nas escolas ser feita a implantação de um projeto desse tipo, instalando-se em cada sala de aula aparelhos que façam circular no ar aromas oriundos de essências que auxiliem nossas crianças e jovens a terem uma qualidade de percepção, de memorização e desenvolvimento mental mais adequado, afetando positivamente o aprendizado a fim de que cada um possa realizar projetos de vida, sonhos e decisões com mais qualidade.

O Institute of Smell - EUA, criou a aromacologia, em 1989, e faz pesquisas científicas com o olfato, propondo a união formal da psicologia com o uso dos aromas.

Na história dos povos o perfume teve sempre um lugar especial. O nome Maria vem de mirra e significa oceano de perfume e a mirra era utilizada para embalsamar os corpos antes do sepultamento, porque significa o perfume da imortalidade.

Entre os sumérios, a sacerdotisa ungia e beijava os pés do Rei com óleo perfumado, antes de se unir a ele. Esse ritual conferia ao Rei uma dupla unção: interior, para lhe dar força no cumprimento de sua missão e exterior, para ter respeito pela terra e atrair a fertilidade.

As pessoas que tiveram a oportunidade de conviver com o médium Chico Xavier contam que o perfume das rosas, que ele beijava e oferecia de presente para os visitantes, permanecia por muito tempo impregnando o ambiente.

Estava Jesus, o filho do homem, na casa de Simão e Maria Madalena veio até ele e regou seus pés com lágrimas de arrependimento e amor; enxugou, com seus cabelos e ungiu os pés do Messias com perfume. Com o perfume que vinha de sua alma. Por essa atitude ela foi libertada dos demônios que dominavam seu coração e se transformou na discípula preferida que irradiava por onde passava o cheiro de uma alma liberta. Antes seus passos formavam cinzas e raios na atmosfera, agora sua jornada era feita com a leveza dos pássaros.

Talvez seja isso o que a humanidade esteja precisando desvendar em si mesma. O perfume das belas atitudes, atraindo para nossos templos, oficinas, escolas e hospitais a singeleza dos pequenos gestos, o perfume de Amor.

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 182

foto-autor
Sobre o Autor: Wilson Francisco   
Terapeuta Holístico. Desenvolve processo que faz a Leitura da Alma; Toque Quântico para dar qualidade à circulação e aos campos vibracionais; Purificação do Tronco Familiar e Cura de Antepassados para Resgatar, Atualizar e Realizar o Ser Divino que há em você. Agendar pelo WhatsApp 011 - 959224182 ou pelo email [email protected]
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Não se trata do que eu devo nem do que eu quero...
artigo Infeliz
artigo O sagrado
artigo Tenha uma vida afetiva abundante

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa