auravide auravide

A ROBÓTICA EMOCIONAL



Há quase duas décadas o mercado dos relacionamentos intra e interpessoal é um "mercado", sim. Hoje, lidar com emoções e transformações exigidas para si e o outro, nada mais é que um verdadeiro comércio, tentando persuadir as pessoas ao "autoconhecimento mascarado", com verdadeiras bulas de relacionamentos profissional, pessoal e familiar.

São tantas essas modalidades, que deixo de nomear ou estaria eu sendo demagogo e concorrendo para o mesmo delito indutivo à lavagem cerebral. As pessoas são totalmente diferentes umas das outras, haja vista que temos impressões digitais únicas e que jamais haverá outras iguais; todos com sistemas fisiológico, mental e emocional totalmente diferentes.

Outrossim, não podemos impor ou induzir alguém a uma receita de comportamentos e transformações, garantindo as pessoas que seguindo um elenco de conceitos, preceitos e regras baseadas em conteúdos importados de autoria e nomes que escrevem para um outro totem social, sejam elas bem sucedidas. Mesmo na Psicanálise, mostramos que existem raízes importantes dentro do legado deixado por Freud, mas se não atualizarmos ao nosso sistema, hábitos, comportamentos e cultura da comunidade, estamos trabalhando inadequadamente.

Podemos entender a psique das pessoas, suas fantasias e bloqueios que não permitem que elas enxerguem seu verdadeiro eu; sutilmente sinalizar a elas que há alternativa. E quais são as alternativas? Todas aquelas que lhe fizerem sentir-se bem; as mudanças que queira realizar e como realizar, de acordo com a sua realidade de vida.

Hoje, em nome do falso cognitivo, encontramos pessoas querendo que outras aprendam a fazer as mudanças que forem receitadas para que elas possam mudar também outras pessoas.

Preste muita atenção: “não generalizando” a imposição que é feita em funcionários de uma determinada empresa que terceiriza outra empresa para o treinamento; não é determinada a busca de objetivos, mas "são apavorados" a cumprirem “metas” para não perderem o emprego.

Obviamente a minha narrativa não é o que eu acho, ou penso, mas a pesquisa e experiência clínica de atendimento, principalmente a pessoas que exercem funções de liderança, vendas, diretores e coordenadores de escola; sentam-se no divã totalmente apavorados, em pânico, preocupados com as “metas”. E o pior: defendem-se dos próprios “colegas” que tentam de qualquer maneira provar sua incompetência para logo ocuparem seu lugar. Os docentes dessas facetas acabam por fazer verdadeiros alcoólatras do trabalho, obviamente sendo deixados em segundo plano seus próprios valores e também os familiares.

Não nos serve esse conteúdo importado que esteja robotizando pessoas a cumprirem “metas”. Meu trabalho é mostrar às pessoas que podem ter “objetivos”. Como? Quando? Onde? Dentro da realidade de cada um, evoluindo sempre, mas sem abandonar seus valores.

Lembre-se! Enquanto você acha que seu ideal de vida é cumprir “metas” e fazer com que os outros as cumpram, até as ações socialmente inadequadas ou criminosas têm objetivos; “traficantes, pedófilos, cafetões, compulsivos sexuais”, percebendo a carência afetiva de uma família, fatalmente investirão nos objetivos do “ego”.

Hoje, o maior trabalho que você pode fazer é buscar seu auto-entendimento contextualizando todas as suas dificuldades; a realização não será cem por cento - nada é - mas vai atender, entender, ajudar a cumprir seus objetivos profissionais, sociais e familiares.

Pense nisso!

Sylvio Alipio
Psicanalista

Texto revisado por Cris
Publicado dia 14/6/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 9



foto-autor
Autor: Sylvio Alipio Pinto Filho   
Comece agora , Formação em Clinica de Psicanálise e Mestrado em Psicanálise a Distância.
E-mail: dialogo@dialogoaberto.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa