auravide auravide

Acalentem as suas Sementes

por Projeto Terra

Publicado dia 15/3/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Mensagem canalizada por Maria Silvia Orlovas, em 20/05/07, no Espaço Natureza Arco-Íris

Que toda energia de luz seja canalizada ao grupo. Que seja feita aqui, Senhor, a manifestação da vontade divina e que as palavras possam auxiliar no caminho de cada uma das pessoas aqui presentes.

"O homem tem um espaço sagrado dentro de si que deve ser cultivado como um jardim. Você não vê as revoluções de uma semente debaixo da terra pra se fortalecer, se quebrar, se partir e se manifestar como um arbusto. Porém, você sabe, quando planta, que ela virá. O movimento do plantio é um movimento de entrega, de doação e de fé. Uma fé que não depende exatamente dos seus atos, porque uma vez plantado não deve revolver a terra; você não tem esse direito, senão mataria sua planta, de abrir para ver como está.

A fé deve ser usada da mesma forma. Escolha as suas sementes, escolha as suas crenças, o que quero ser, o que quero viver, como quero viver. Você tem escolhas. Você pode escolher como vai enfrentar determinada situação, como vai se relacionar com uma determinada pessoa, como vai se relacionar com um fato da vida. Você não pode mudar as coisas externamente, assim como o jardineiro não muda as condições da natureza, se haverá sol ou chuva em excesso. Isso não depende dele. Assim como não depende de você como serão os relacionamentos, como serão as questões do mundo objetivo. Mas depende de você a força e a maneira de lidar com essas questões.

Acalentem as suas sementes, seus projetos, seus sonhos e a manifestação do seu Eu Sou, para que você tenha força de vencer os momentos obscuros. Sabendo que junto com esses momentos obscuros está acontecendo um milagre profundo, as sementes se partindo, o ego se quebrando e dando lugar ao seu verdadeiro Eu, a sua verdadeira força.

Não neguem as dificuldades porque elas são como adubo, tão necessário e enriquecedor. Não neguem aquilo que você não compreende racionalmente. Porque é como a terra. Porque sem o peso dela sobre a semente, ela jamais teria condição de desabrochar e ser flor. Todas as vezes em que vocês negam as dificuldades da vida, negam o seu crescimento e a sua libertação. O homem está num constante movimento de se tornar, de se expandir, de crescer e de aprender. E a adversidade faz parte da experiência humana, da mesma forma que a noite faz parte do dia. É apenas um contexto, é apenas um ciclo, mais um movimento de transformação.

Acreditem na sua luz, acreditem na sua força, porque se vocês encarnaram neste planeta devido à consciência cósmica, a processos cármicos e a aprendizados de toda natureza, aqui vocês estão para expandir a sua luz e voltar a acreditar num Deus interno sem limitações.

É chegado um movimento espiritual planetário de grande libertação. Mas agora uma libertação mais consciente. Não apenas atos externos ou religiões isoladas. O homem está no momento de descobrir que ele é a sua própria religião. Ele é o seu Deus, ele é a sua Luz. E justamente por isso, mais amável, companheiro, fraterno e solícito. E nós estamos aqui a serviço dessa manifestação.

Eu sou Rada, venho de Órion, a serviço da vibração do despertar do planeta. As consciências que estão a serviço dessa manifestação se aproximam de vocês, tanto no caráter de grupo como nos processos individuais, por assim dizer. Eu sou uma grande matriarca, a Mãe que abraça, que acolhe e que faz crescer. Muitos dos seres dessa hierarquia aqui encarnaram para amar, porque o amor liberta. E no sentido do amor, muitos de nós encarnados entre vocês se esqueceram da sua origem cósmica e das suas capacidades e se envolveram no desejo de controlar a vida, controlar as pessoas. Entendê-las tanto racionalmente que se esqueceram de amar.

A compreensão não vem do racional. Ela vem do coração, ela vem do amor. Por isso trabalhem no amor. Trabalhem olhando com os olhos, mas não se apegando ao que vocês vêem. Ouvindo aquilo que as pessoas falam, mas não se apegando a aquilo que vocês ouvem. Porque nem sempre as palavras são corretas, nem sempre as palavras dizem o que o coração diz.

É o momento de expansão e é o momento de luz, de amor de cada um. E nessa vibração eu digo que amo e abençôo todos vocês. Neste momento estamos trabalhando no cardíaco, no coração de cada um. Procurem respirar e sintam o sublime sentimento de amor preenchendo seus corações, sintam a aceitação profunda que colocamos em cada um de vocês. A aceitação de cada fato, de cada erro e de cada acerto.

Amados, amados filhos, na vibração deste amor e luz, abençôo todos vocês. Sigam em paz."

Coloquem a mão no coração, sintam a pulsação e imaginem a sua luz se expandindo para fora de vocês, envolvendo todo o ambiente, toda esta sala, todo este sítio, todo verde, tudo aquilo que há fora, a natureza, as cidades, o planeta e dentro de vocês. Respirem, soltem e venham trazendo a consciência para seu corpo. Respirem e soltem o ar pela boca aliviando toda e qualquer tensão, encontrando este estado de paz e equilíbrio dentro de vocês. Neste sentimento eu agradeço profundamente a presença de cada um aqui. Muito obrigada!

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 4

foto-autor
Autor: Projeto Terra   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Não se trata do que eu devo nem do que eu quero...
artigo Infeliz
artigo O sagrado
artigo Tenha uma vida afetiva abundante

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa