Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
Home > Espiritualidade
 ACORDEI...

ACORDEI...

por Margareth Maria Demarchi

Acordei e observei que estava deitada sobre a grama verdinha à sombra de uma grande árvore frondosa, com a sua copa repleta de flores brancas. Olhei as flores e notei raios de sol que atravessavam entre os galhos. Ali fiquei alguns momentos olhando embevecida a beleza que os meus olhos registravam.

Ouvi um som e prestei bastante atenção. Era borbulho da água que corria sobre as pedras em seu curso natural e sabe lá até onde iria parar. De repente, em uma árvore um pouco distante, pude ver a revoada de pássaros que partiam juntos.

Percebi que não estava sozinha e olhei para o banco à frente onde eu estava; vi um casal com neném, a mãe amamentava o seu neném à sombra de uma árvore com flores amarelas. Esse cenário foi para mim comovente e fotografei com os meus olhos aquele momento lindo onde o pai com os braços em volta da mãe sorria para o seu filho.

Ao sair do parque já tarde, as luzes cobriam o cenário. Eu parei no meio da ponte de madeira e observei o rio fluindo tranqüilo e bem próximo ali, um grupo de jovens sentados em circulo a beira do rio, onde um rapaz tocava uma música alegre e que todos acompanhavam cantando.

Olhei para o meu livro que estava ao meu lado e ao abrir me deparei com o titulo "Olhar o movimento", sorri sozinha porque eu tinha realmente acordado para o movimento e o quanto esse movimento silencioso me tocou bem no fundo do meu ser.

Ah, esse olhar que é individual, intransferível e impossível de reproduzir ou repassar o que se vê e sente, cabe a cada um a arte de identificar até aonde seus olhos podem alcançar.

Acordei para o simples e infinitamente grande. Descobrir esses cenários depende de estar atento e com o coração aberto.

Que o dia o surpreenda com as riquezas contidas no cotidiano.

Texto revisado
Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp



Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação: 5 | Votos: 4
Atualizado em 30/10/2011

Veja também
A liberdade de ser próspero
Habilidades sociais fortalecem autoconfiança e autoestima
Respeito é o que pedimos: Respeito à natureza, respeito a si mesmo!
Como não sabotar a felicidade

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.



Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa