auravide auravide

ADMIRÁVEL MUNDO NOVO



Eu vejo as pessoas confusas
seus olhos aflitos
a urgência nos rostos
o cansaço nos pés
a fumaça nos pulmões
a solidão ao lado
a morte na frente
o infarto no coração
a navalha como alternativa
o medo como perspectiva
o sexo que virou propaganda
a liberdade que virou out-door
o conhecimento que virou arma
a droga que virou emoção
a vida chamando
os sentidos entorpecidos
e eu sou sozinha
e você é sozinho
e nunca nos vemos.

Texto revisado por Cris
Publicado dia 22/11/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 2




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa